Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Lactalis faz recall de produtos lácteos para bebês em 83 países

Empresa prometeu pagar indenizações às famílias que foram contaminadas por seus produtos

O presidente da empresa francesa Lactalis, Emmanuel Besnier, anunciou que o recall de produtos lácteos para bebês, ocasionado por um temor de contaminação por salmonela, foi estendido para 83 países. Isso é quase o triplo dos 30 países que inicialmente receberam o alerta.

Em entrevista ao Le Journal du Dimanche, o executivo disse que mais de 12 milhões de caixas de produtos estão sendo recolhidas. Elas representam todos os lotes da fábrica da Lactalis em Craon, noroeste da França, onde a bactéria salmonela foi descoberta em dezembro.

O movimento ocorre depois que Besnier se encontrou, na última sexta-feira, com o ministro da economia da França. A Lactalis é uma das maiores produtoras de laticínios do mundo

Segundo o jornal, 35 bebês foram diagnosticados com salmonela na França, um na Espanha, além de um caso ainda sob investigação na Grécia.

Indenizações

Besnier disse que a companhia “pagará indenizações a cada família que foi prejudicada”. O governo francês recebeu bem neste domingo a promessa de compensar vítimas de uma contaminação por salmonela em seus produtos de leite para bebês, mas informou que a investigação judicial para determinar quem são os responsáveis continuará.

“Pagar uma indenização é bom, mas o dinheiro não pode comprar tudo”, disse o porta-voz do governo Benjamin Griveaux em entrevista à BFM TV.

A promessa de Besnier foi feita dois dias após a Lactalis ter ampliado um recall de produtos para cobrir todas as fórmulas infantis feitas em sua fábrica em Craon, independentemente da data de fabricação, em uma tentativa de conter o escândalo que pode prejudicar o estratégico agronegócio francês em mercados estrangeiros.

O medo se intensificou na semana passada quando os maiores varejistas da França, incluindo o Carrefour, Auchan e Leclerc admitiram que produtos que sofreram recall em dezembro tinham chegado às prateleiras mesmo assim.

“É trabalho da investigação determinar onde as falhas ocorreram e quem é culpado”, disse Griveaux, acrescentando que “as responsabilidades foram compartilhadas”.

A Lactalis possui fábricas em mais de 200 países, incluindo o Brasil.

(Com Estadão Conteúdo e Reuters)