Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Justiça suspende venda da Itambé para a francesa Lactalis

O negócio, avaliado em cerca de 1,4 bilhão de reais, foi anunciado há duas semanas

O juiz Luis Felipe Ferrari Bedendi, da 1ª Vara Empresarial de São Paulo, suspendeu a venda da empresa de laticínios Itambé para a francesa Lactalis. O negócio, avaliado em cerca de 1,4 bilhão de reais, foi anunciado há duas semanas.

A Itambé pertencia à Cooperativa de Produtores de Leite de Minas Gerais (CCPR), que detinha 50% da companhia. Os outros 50% pertenciam à Vigor, controlada anteriormente pela holding J&F, dos empresários Joesley e Wesley Batista.

Com a venda da Vigor para a mexicana Lala, a CCPR pode exercer o direito exercer a preferência de compra pelos 50% restantes da Itambé, ficando com 100% da companhia. A decisão foi dada em ação movida pela Lala, que queria ficar com a Itambé.

Procurada, a CCPR informou que não vai comentar o assunto. Fontes ligadas à negociação informaram que a CCPR já recorreu da decisão, que não tem aplicação imediata, já que a Lactalis precisa ser notificada antes.