Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Justiça de São Paulo decreta a falência da Avianca Brasil

Companhia aérea terá 60 dias para apresentar a relação dos seus ativos e não opera desde maio do ano passado

Por Da Redação Atualizado em 14 jul 2020, 22h25 - Publicado em 14 jul 2020, 22h21

A Justiça decretou nesta terça-feira, 14, a falência da companhia aérea Avianca Brasil. O pedido foi feito pela própria empresa, que tinha dívidas superiores a R$ 2,7 bilhões e não conseguia cumprir o plano de recuperação judicial. Agora, a empresa terá 60 dias para apresentar a relação dos seus ativos.

A companhia estava em recuperação judicial desde dezembro de 2018, e inoperante desde maio de 2019. A decisão foi tomada pelo juiz Tiago Henriques Papaterra Limongi, da 1ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais de São Paulo. Para ele, o plano de recuperação judicial da Avianca tornou-se inexequível considerando a inatividade da empresa.

Em novembro de 2019, a administradora judicial Alvarez & Masal, responsável pelo acompanhamento da recuperação judicial da empresa, também recomendou a falência da companhia.

Limongi deu 60 dias para que a empresa liste seus ativos, mas os credores avaliam que a empresa não possui mais ativos para quitar nenhuma dívida. A Avianca Brasil não pagou até o momento nem mesmo os créditos trabalhistas, que têm pagamento preferencial no plano de recuperação judicial. A empresa chegou a ser a quarta maior companhia de aviação do país e tinha mais de 5.300 funcionários, de acordo com o sindicato dos aeroviários de São Paulo.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.