Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Havan suspende propagandas na Globo em apoio a Bolsonaro

Luciano Hang, dono da empresa, diz que emissora faz 'desserviço à nação'; rede de supermercados já havia cortado publicidade

A rede de lojas de departamentos Havan informou nesta quinta-feira, 7, que suspendeu todas as campanhas publicitárias que faria em intervalos de programas jornalísticos e de entretenimento da Globo. “Não compactuamos com o jornalismo ideológico e algumas programações da Rede Globo nacional e estamos sendo cobrados pela sociedade e nossos clientes”, diz o comunicado assinado pelo dono da empresa, Luciano Hang, apoiador do presidente.

No comunicado, Hang não cita nominalmente Jair Bolsonaro, mas afirma que “as eleições do ano passado mostraram que a grande maioria dos brasileiros quer mudança” e diz que a Globo faz “desserviço à nação” e é “contra os costumes da família brasileira”.  Segundo o comunicado, estão suspensas as campanhas no Bom Dia Brasil, Jornal Hoje, Jornal Nacional, Jornal da Globo, Malhação e Caldeirão do Huck.

O empresário divulgou o comunicado em suas redes sociais e afirmou que “por enquanto” ainda manterá publicidade nas afiliadas e jornais locais, “que ainda informam a sociedade de uma forma mais isenta e conservadora”.

Hang, que é dono de 133 lojas no país, é apoiador de longa data de Bolsonaro. ODurante a campanha eleitoral, a rede foi processada pelo Ministério Público do Trabalho por intimidar funcionários, dizendo que faria demissões em massa se a esquerda ganhasse o pleito. O apoio também mudou o uniforme da rede de lojas, que trocou uma camiseta preta com o logo da empresa por uma verde e amarela com os dizeres “o Brasil que queremos só depende de nós”. Hang foi multado pelo Tribunal Superior de Justiça por pagar anúncios para Bolsonaro no Facebook durante a campanha.

Este é o segundo caso em uma semana que uma rede varejista suspende comerciais na emissora carioca em apoio a Bolsonaro. Na segunda-feira, a rede paranaense de supermercados Condor havia anunciado a suspensão de anúncios na grade nacional da emissora.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Corretíssimo…. Apoiado… rs

    Curtir

  2. Daise Kallmeyer

    O Nacional Socialismo começou assim! Pra quem gosta está ótimo, como sou civilizada, não gosto!

    Curtir

  3. Edson E Jesus

    Como sempre, Luciano Hang jogando para a torcida, a Havan não tem relevância nenhuma para a Globo nacional, se fosse o SBT teria sentido, problema dele, afinal, a Magazine Luiza, Casas Bahia, Americanas continuam firme e forte.

    Curtir

  4. Severiano Filho

    Simples, a Havan apoia Bolsonaro e eu não compro na Havan. Democracia.

    Curtir

  5. ViP Berbigao

    Onde esse tipo de megaloja se instala, acaba com o comércio local e gera subempregos. As comunidades q estão barrando a instalação dessas ‘filiais xingling’ tem razões de sobra para questionar. Nénão?!?!?! kkk

    Curtir

  6. Nelson Silveira

    Havan por acaso é um açougue? Já sei, é um bordel, não? Não quero nem saber o que é……..

    Curtir