Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Governo deve autorizar nova rodada de saques do FGTS

Regras estão sendo elaboradas e devem ser anunciadas nas próximas semanas; saque imediato ainda tem R$ 14,8 bi disponíveis para retirada até o dia 31

Por Larissa Quintino Atualizado em 20 mar 2020, 19h17 - Publicado em 20 mar 2020, 17h33

O Ministério da Economia estuda a liberação de uma nova rodada de saques do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A ideia da autorização dos recursos é trazer mais dinamismo à economia durante a epidemia causada pelo novo coronavírus (Covid-19). Segundo o Secretário Especial da Fazenda, Waldery Rodrigues, a ideia é colocar os 14.8 bilhões de reais que ainda não foram resgatados do saque imediato e recolocá-los em circulação no mercado.

ASSINE VEJA

A guerra ao coronavírus A vida na quarentena, o impacto da economia, o trabalho dos heróis da medicina: saiba tudo sobre a ameaça no Brasil e no mundo ()
Clique e Assine

O saque imediato, autorizado em julho do ano passado, liberou até 998 reais por conta do trabalhador. O prazo para a retirada do dinheiro termina no próximo dia 31 e 34 milhões de pessoas ainda podem sacar o benefício. 

Segundo Waldery, a nova rodada de saques ainda está em elaboração. Com isso, regras e calendário não foram detalhados mas devem fazer parte dos próximos anúncios do Ministério da Economia.

Na semana passada, a pasta anunciou duas medidas de mitigação de danos econômicos no cenário de crise vinculadas ao fundo. Uma delas flexibiliza o prazo em até três meses para que empresas depositem o FGTS dos empregados. Outra, transfere os 21,5 bilhões de reais das cotas do PIS/Pasep para o sistema do FGTS. De acordo com Waldery, essa segunda medida dá mais liquidez ao FGTS.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.