Empresas prometem devolver até 100% do dinheiro gasto na Black Friday

Percentual de retorno do valor desembolsado nas compras online é variável; quantia é direcionada para a conta corrente dos consumidores com o 'cashback'

Por da Redação - Atualizado em 28 nov 2019, 18h16 - Publicado em 28 nov 2019, 17h03

Além dos diversos descontos e promoções, algumas empresas oferecem o sistema de ‘cashback’, que promete devolver parte do valor que foi gasto nas compras da Black Friday. Diante de um comércio eletrônico altamente competitivo, a prática têm se tornado cada vez mais comum no Brasil para garantir a fidelidade do consumidor por meio dessa recompensa. O dinheiro pode ser devolvido tanto em crédito para usar na loja ou comércios parceiros ou voltar para o bolso do consumidor, com depósito em conta.

A ferramenta é válida em farmácias, supermercados, postos de gasolina, restaurantes e lojas em geral, na qual o cliente deve realizar a compra em sites parceiros da plataforma de ‘cashback’. Há variação de porcentagem conforme o site escolhido e o retorno em dinheiro costuma ir direto para a conta corrente cadastrada pelo consumidor.

De acordo com pesquisa realizada pela consultoria Nielsen Global, 45% dos brasileiros veem a devolução de parte do dinheiro gasto em uma compra como a recompensa mais valorizada entre as políticas de fidelidade oferecidas pelas empresas. Ademais, 67% dos clientes afirmam que a integração das varejistas com um sistema de pagamento móvel é um serviço muito atraente para o ganho e uso de recompensas em compras.

O site ‘Ganhe de Volta’, por exemplo, possui um sistema que cobre, automaticamente, o valor de retorno dos concorrentes e ainda acrescenta uma bonificação de 20% do dinheiro que volta para o comprador. O resgate do valor é gratuito, desde que a quantia mínima de 15 reais tenha sido acumulada. O advogado Gertom Lamounier Filho, de 23 anos, compra eletrônicos, peças para bicicleta, roupas, e outros produtos por meio da plataforma do ‘Ganhe de Volta’ e já sacou mais de 6 mil reais. As parcerias deste ano prometem retornos variados.  A ‘Americanas.com’, ‘Microsoft’ e ‘Submarino’ devolvem até 3% do dinheiro gasto. A ‘Zattini’ e ‘Centauro’ retornam até 5,2% e 5,1%, respectivamente.

Publicidade

No site ‘MyCashBack’, a expectativa é que o reembolso chegue aos 15%. No site da plataforma, é possível encontrar devoluções oferecidas para o ‘AliExpress’, que devolve até 8% do valor desembolsado, a ‘Sephora’, com 7%, ‘Natura’ com 6% e ‘Hoteis.com’, que chega aos 4%.

O Beblue, fintech de pagamento que conecta usuários a estabelecimentos com esse sistema de recompensa, promete devolver junto à rede credenciada até 100% em ‘cashback’. As promoções serão válidas nas seguintes cidades: São Paulo, Rio Claro, Ribeirão Preto, Uberlândia, Curitiba, Goiânia, Londrina, Rio Verde, Cascavel, Santos, Presidente Prudente e Sete Lagoas.

Os clientes da plataforma ‘Ame’ que consumirem no ‘TT Burger’, ‘Pappa Jack’, ‘Hells Burguer’, ‘B de Burger’, ‘Casas Pedro’ e ‘Spoleto’ (somente algumas unidades), no Rio de Janeiro; e no ‘Boston Bakery’, ‘Dizzy Braz’, ‘Johnny Rockets’, ‘Tantra Bar’ e ‘Mr. Cheney’ (somente algumas unidades), em São Paulo, receberão 50% de ‘cashback’, com limite de 30,00 reais. Nos games, caso seja feita a compra do Playstation 4 Slim 1TB (com 3 jogos) na ‘Americanas.com’, vendido a 1.999 reais, pagando com Ame, de sexta-feira, 29, a domingo, 1, o cliente terá 20% de ‘cashback’ (399,80 reais de volta).

Publicidade