Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dólar sobe 1% e vai a R$ 3,30 com Brexit e intervenção do BC

Saída do Reino Unido da União Europeia voltou a preocupar os mercados financeiros; quadro de pessimismo também puxou Bovespa para baixo

O dólar fechou em alta de 1,11% nesta terça-feira e voltou à casa de 3,30 reais, em nova onda de mau humor nos mercados globais com a decisão do Reino Unido de deixar a União Europeia (UE). A atuação do Banco Central no mercado de câmbio também puxou a cotação para cima.

“A semana efetivamente começa hoje (em referência ao Dia da Independência nos Estados Unidos nesta segunda), e o ambiente é negativo para o real. A preocupação com (a saída britânica da UE) voltou e a atuação do BC não dá espaço para o dólar cair mais”, disse o superintendente regional de câmbio da corretora SLW João Paulo de Gracia Corrêa.

O referendo britânico do mês passado gerou fortes oscilações nos mercados financeiros globais, com a perspectiva de estímulos econômicos parcialmente compensando as turbulências financeiras. A apreensão voltou a prevalecer nesta sessão depois que três fundos de imóveis comerciais britânicos, no valor de cerca de 10 bilhões de libras, suspenderam as negociações. Foi o primeiro sinal de apreensão dos mercados desde o plebiscito do último dia 23.

Leia mais:

Libra volta a descer a seu menor nível em 31 anos

Riscos do Brexit começam a aparecer, diz BC inglês

Nesta manhã, o presidente do banco central britânico, Mark Carney, afirmou que a autoridade monetária provavelmente precisará oferecer mais estímulos econômicos.

No Brasil, o efeito do mau humor externo foi potencializado pela atuação do BC, que vendeu pela terceira sessão consecutiva 10.000 swaps reversos, que equivalem à compra futura de dólares, retomando o instrumento após deixá-lo de lado por mais de um mês. Nos últimos três pregões, a moeda americana acumulou valorização de 2,73%.

Bovespa – O principal índice da Bovespa fechou em queda nesta terça-feira após cinco altas seguidas, também pressionado pelo cenário externo desfavorável, particularmente o declínio de commodities. Petrobras e Vale guiaram um movimento de realização de lucros. O Ibovespa caiu 1,38%, a 51.842 pontos

(Com Reuters)