Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Busca por crédito cresce 3,1% em agosto, diz Serasa

Mesmo com margem em alta, o resultado do oitavo mês desacelerou em relação a julho, quando havia crescido 8% na comparação com junho.

O número de consumidores que procuraram crédito no mês de agosto foi 3,1% maior do que o registrado em julho, informou nesta terça-feira a Serasa Experian. Essa foi a segunda alta mensal consecutiva do Indicador da Demanda do Consumidor por Crédito. Mesmo assim, o resultado do oitavo mês desacelerou em relação a julho, quando havia crescido 8% na comparação com junho.

Além disso, o indicador segue abaixo dos níveis registrados no ano passado: a procura por crédito em agosto ficou 2,7% abaixo do visto no mesmo mês de 2011. Já no acumulado nos oito primeiros meses do ano, a demanda por empréstimos está 5,6% abaixo do verificado no mesmo período do ano passado.

Leia mais:

Crédito cresce 0,7% em julho para R$ 2,18 trilhões

Bancos públicos lideram oferta de crédito, diz BC

De acordo com a Serasa Experian, o consumidor demonstra maior disposição em buscar crédito no segundo semestre por causa de taxas de juros mais baixas e pela queda da inadimplência, o que abre oportunidades a quem estava com dívidas em atraso. Na semana passada, houve nova redução de tarifas em bancos públicos e há duas semanas, o Banco Central decidiu rebaixar ainda mais os juros básicos do país, que já estavam em seu menor nível histórico. Agora a Selic se encontra em 7,5%.

Em agosto, houve aumento na demanda por crédito em todas as faixas de renda. Destaque para a população de baixa renda, cujas altas foram de 4,5% na comparação com julho, de 2,4% sobre agosto de 2011 e 3,1% no acumulado do ano ante o mesmo período de 2011. Na análise por regiões do País, o Nordeste foi onde houve a alta mais expressiva em agosto, de 5,2% ante julho.

Leia ainda: Copom corta Selic para 7,5% ao ano e mira controle da inflação em 2013

Recuo da inadimplência deve levar consumidor às compras

(Com Agência Estado)