Clique e assine a partir de 9,90/mês

Após queda de 24,52% na véspera, ações da Vale operam em alta

Na véspera, os papéis da companhia caíram 24,52% e puxaram para baixo o indicador da bolsa de São Paulo

Por Da redação - Atualizado em 29 jan 2019, 15h03 - Publicado em 29 jan 2019, 11h04

Após perder 71 bilhões de reais em valor de mercado na véspera por causa do desastre em Brumadinho, recorde de perda diária de uma empresa brasileira de capital aberto, as ações da Vale abriram pregão em alta nesta terça-feira, 29. Às 11h03, os papéis da empresa subiam 2,34%, valendo 43,37 reais.

O movimento de recuperação da Vale ajudou a puxar o Ibovespa, principal índice da bolsa paulista, para cima. A bolsa operava em alta de de 0,80%, a 96.210 pontos. Na véspera, o índice recuou 2,29%.

Segundo o economista-chefe da Netcom, André Perfeito, a alta nas ações da Vale é natural após a queda de 24% na véspera. “Investidores enxergam as ações como possibilidade de compra porque as ações chegaram a um patamar adequado”, explicou.

O especialista explica que as ações devem seguir em recuperação e apenas alguma sinalização de sanção mais pesada do governo federal pode levar a uma nova baixa. “Porém, como o atual governo tem uma visão flexível sobre a questão ambiental, é difícil que isso aconteça”, analisou.

Continua após a publicidade

Além da alta nas ações da Vale, a alta do Ibovespa é puxada pelo bom humor do mercado internacional e também pela expectativa do Fed (Federal Reserve, o banco central americano) manter a taxa de juros nos Estados Unidos.

Publicidade