Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Agência de risco Fitch rebaixa classificação da Vale

Comunicado diz que a nota pode cair ainda mais dependendo dos desdobramentos da tragédia de Brumadinho

Após rompimento da barragem em Brumadinho, a agência de classificação de risco Fitch rebaixou a nota de crédito em moeda estrangeira da Vale de BBB+ para BBB- e colocou o rating (avaliação) em observação para um eventual novo corte.

Em comunicado divulgado nesta segunda-feira, 28, a Fitch aponta que o rebaixamento reflete a expectativa de que a empresa terá pela frente “pesados custos de reparação” por causa da tragédia em Minas Gerais. De acordo com a agência, o corte na nota de crédito da Vale também vem na esteira de expectativas de que as multas contra a empresa serão “substanciais, já que o acidente de mineração ocorreu aproximadamente três anos depois que outra barragem se rompeu”.

Até agora, a mineradora teve 11 bilhões de reais bloqueados, devido a pedidos feitos à Justiça pelo Estado de Minas Gerais e pelo Ministério Público do Estado e a duas multas somando 350 milhões de reais aplicadas pelo Ibama e pelo governo mineiro.

A Fitch argumenta existe uma expectativa de diminuição da produção no curto prazo e despesas para garantir a segurança em várias outras barragens da Vale. “O acesso da empresa ao financiamento provavelmente também será prejudicado devido a preocupações com questões ambientais, sociais e de segurança”, afirmou a agência.

No comunicado, a agência também aponta que a Vale utilizou processamento a seco para cerca de 40% de sua produção, enquanto os 60% restantes exigiram barragens de rejeitos. “Se a produção for interrompida em qualquer um dos outros locais devido a qualquer uma das agências reguladoras e/ou a preocupação de autoridades federais sobre essas várias barragens de rejeitos, os ratings da Vale podem sofrer rebaixamentos adicionais”, alerta a Fitch.

A agência de risco Standard & Poor’s já tinha colocado no último sábado, 26, a classificação da Vale para análise, com implicações negativas.

(Com Estadão Conteúdo)