Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar Econômico Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Victor Irajá
Análises e bastidores exclusivos sobre o mundo dos negócios e das finanças. Com Diego Gimenes e Felipe Erlich
Continua após publicidade

A variável que pode destravar ou arrasar as bolsas de valores

VEJA Mercado: “superquarta” dos juros pode representar um divisor de águas para os investidores, sobretudo nos Estados Unidos

Por Diego Gimenes Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 3 Maio 2023, 09h35 - Publicado em 3 Maio 2023, 09h29

O Federal Reserve (Fed), o banco central americano, deve anunciar um aumento de 0,25 ponto percentual nos juros locais na tarde desta quarta-feira, 3, como amplamente esperado pelo mercado. Também é amplamente esperado que a entidade encerre o ciclo de alta de juros no país. A leitura é que a inflação já cedeu nos EUA e que os juros mais altos são um risco para a economia e podem provocar uma recessão. É bom lembrar que o Silicon Valley Bank quebrou em razão da crise que assolou as empresas de tecnologia justamente em função da escalada dos juros. A comunicação do Fed e o aceno ao encerramento do ciclo de alta de juros no país são peças fundamentais que vão nortear a reação do mercado aos anúncios. Caso o Fed deixe a porta aberta para novas altas de juros, é de se esperar uma reação negativa nos ativos. Por se tratar da maior economia do mundo, os estragos podem ser sentidos em várias bolsas de valores.

As bolsas europeias e os futuros americanos abrem o dia em alta. No Brasil, o Banco Central também vai se reunir para definir os próximos passos da política monetária. Por aqui, não são esperadas grandes mudanças. A taxa Selic deve ser mantida a 13,75% ao ano e a autarquia deve permanecer firme no combate à inflação em seu comunicado.

Siga o Radar Econômico no Twitter

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.