Clique e assine com até 92% de desconto
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Farmacêutica prevê faturamento bilionário com novo medicamento

EMS lança o primeiro anti-inflamatório com nanopartículas no mercado nacional.

Por Manoel Schlindwein Atualizado em 4 set 2020, 17h43 - Publicado em 4 set 2020, 13h32

A EMS prevê fechar 2020 com faturamento de 2,2 bilhões de reais apenas na área de medicamentos que exigem receita médica. A comercialização desses produtos corresponde a 43% da receita total da empresa. Em 2019, o faturamento foi de 1,7 bilhão de reais.

  • Para impulsionar o crescimento, a farmacêutica está lançando no mercado o Bexai. Trata-se do primeiro anti-inflamatório com nanopartículas do Brasil, uma tecnologia inovadora para o tratamento da dor.

    ASSINE VEJA

    Os riscos do auxílio emergencial Na edição da semana: a importância das reformas para a saúde da economia. E mais: os segredos da advogada que conviveu com Queiroz
    Clique e Assine
    Publicidade