Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

VEJA sai na frente e lança aplicativo para o Android

Os leitores de VEJA que possuem celulares com o sistema operacional Android já podem acessar todo o conteúdo do site a partir de um aplicativo especialmente desenvolvido para seus aparelhos. É o primeiro aplicativo de um veículo de comunicação brasileiro a chegar ao sistema operacional do Google. O programa pode ser baixado gratuitamente na loja virtual Android Market pelo próprio celular.

Atualizado em tempo real, o aplicativo traz reportagens, artigos, fotos e vídeos nas áreas de Brasil, internacional, economia, celebridades, esportes, ciência, educação, saúde e tecnologia. Também estão disponíveis as colunas e blogs do site de VEJA. O aplicativo permite que os leitores compartilhem seus conteúdos favoritos no Twitter ou via e-mail.

Um dos objetivos do aplicativo é oferecer ao leitor uma experiência confortável e atraente tendo o celular em mãos. Pensando nisso, foram criados recursos que facilitam a leitura e a navegação pelo site. É o caso da ferramenta que permite ampliar o tamanho das fontes ou marcar reportagens e artigos favoritos para leitura posterior. Outras atrações são a tradicional lista de livros mais vendidos de VEJA, e a seção “Frases”, com as declarações mais inteligentes – ou vazias -, de personalidades do Brasil e do mundo.

O site de VEJA já possuía um aplicativo dedicado aos dispositivos móveis da Apple, como iPhone e iPod Touch. A criação de um programa similar para os celulares que rodam o sistema operacional do Google pretende levar o conteúdo do site a mais leitores. “O Android é uma plataforma muito importante e está se firmando como tendência entre os smartphones do país e do mundo”, diz Gustavo Mansur, gerente de Novos Negócios de Mídia Digital da Abril Mídia, responsável pelo desenvolvimento do aplicativo de VEJA. “Não podíamos ficar de fora desse ambiente.” O aplicativo tem patrocínio do Bradesco e da operadora Claro.

Mercado – O Android tem se destacado no mercado de dispositivos móveis em todo mundo, especialmente nos Estados Unidos. De acordo com dados da Nielsen, as vendas de celulares que utilizam o sistema operacional do Google superaram as da Apple durante o segundo trimestre de 2010. Os bons resultados estão diretamente ligados aos diferenciais da tecnologia adotada pelo Google. Ao contrário da Apple, cujo sistema operacional é exclusivo do iPhone, o Android acompanha diversos modelos de celulares, dos mais simples aos mais sofisticados. A estratégia torna o Android um sistema abrangente e, consequentemente, popular. Para a Gartner, consultoria americana especializada em mercado móvel, o Google deve superar o Symbian, da Nokia, em 2014. Atualmente, o sistema operacional desenvolvido pela empresa finlandesa tem a maior base de usuários no mundo.