Saiba em quantos equipamentos se transforma o smartphone Moto Z

O novo celular topo de linha da Motorola vem com acessórios que podem ser acoplados na parte traseira do aparelho

A Motorola lançou nesta quarta-feira sua nova aposta para o mercado de smartphones top de linha: o Moto Z, que custa a partir de 3.199 reais. A grande novidade é a sua  capacidade modular, podendo ser acoplado na parte traseira de forma simples e rápida a pelo menos cinco acessórios, chamados de Moto Snaps: um projetor, uma caixa de som, uma câmera (ainda não disponível no Brasil), uma bateria extra e várias capinhas estilizadas. Basta encostar o acessório na posição em que os conectores de cada parte se alinhem e pronto, os ímãs fazem o trabalho de garantir que fique firme. Dependendo do pacote e qual componente o cliente escolher, o preço pode chegar até 3.999 reais. Há também a opção de comprar os acessórios de forma avulsa.