Quer falar com Mark Zuckerberg? 100 dólares

Rede testa mecanismo que garante que mensagens privadas cheguem à caixa postal de qualquer usuário. Até mesmo do CEO do serviço

Ao visitar a página oficial do Facebook, de onde se pode acessar perfis no site, os usuários da rede se deparam com a seguinte mensagem, em destaque na parte superior direita da página: “Cadastre-se. É gratuito e sempre será.” A sentença, no entanto, pode virar coisa do passado. A rede social iniciou, há algumas semanas, testes que permitem o envio de mensagens privadas a pessoas que não pertencem ao círculo de amigos de um usuário. A cobrança por um contéudo pode chegar a 100 dólares, segundo informa nesta sexta-feira o blog especializado em tecnologia Mashable. Ainda não se sabe se o Brasil vai integrar o período de testes, tampouco se o recurso será ativado aos mais de 1 bilhão de cadastrados no site.

Leia também:

Facebook prepara lançamento à la Apple

Facebook inicia testes de novo visual da Timeline

Confusão com foto da família Zuckerberg serve de lição a usuários

Leia também:

Facebook: livre para definir uso de dados do usuário

Facebook altera controle de privacidade. De novo