Google tem pane de 5 minutos — e o tráfego na internet cai 40%

Na noite de sexta-feira, a partir das 23h52 (3h52, no horário de Brasília), todos os principais serviços do Google – entre eles mapas e e-mail – sofreram um inédito apagão, segundo a própria empresa informou na página que registra o funcionamento de seus aplicativos. As interrrupções foram curtas, duraram entre 1 e 5 minutos, mas suas consequências foram espantosas.

Segundo estimativa da empresa britânica de análise de dados GoSquared, com os serviços do Google fora do ar observou-se uma queda de 40% no tráfego da internet (em páginas visitadas).

Um analista ouvido pela rede de notícias SkyNews, também britânica, calculou em 500 mil dólares os prejuízos do Google com a queda dos serviços.

Para o site de tecnologia Business Insider, a queda abrupta no tráfego – e o pico subsequente, depois da restauração dos serviços – demonstra o poder que o gigante de buscas detém hoje na internet.

“Se o Google sofresse uma pane prolongada, é provável que a atividade na internet se recuperasse logo, à medida que empresas e usuários mudassem para serviços semelhantes”, diz o site. “No entanto, é alarmante o fato de que uma única companhia tem tanta influência sobre uma indústria tão grande e importante.”