Google não infringe patente da Microsoft, diz corte alemã

A Corte regional alemã determinou nesta sexta-feira que a unidade de celulares da Motorola, de propriedade do Google, não infringe a lei de patente mantida pela Microsoft Corp. O processo está relacionado com uma patente de interface de rádio, que facilita o uso de muitos aplicativos em smartphones e tablets. Cabe apelo da decisão, mas a Microsoft preferiu não comentar o assunto.

O vice-presidente da Microsoft Corporate, David Howard, afirmou em comunicado nesta sexta-feira que a decisão não impactaria a interdição dos produtos da Motorola na Alemanha, já garantida pela Microsoft. A empresa já venceu três processos contra a Motorola, dois estão sendo executados e a empresa está em processo de garantir o terceiro.

A decisão desta sexta-feira é a última de uma série de processos em todo o mundo relacionados com patentes de empresas de tecnologia pela supremacia do mercado, salientando a importância de proteger a propriedade intelectual, que frequentemente leva anos para ser desenvolvida e custa milhões de dólares.

(Com Agência Estado)