Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Serra Leoa ficará em confinamento para conter ebola

Governo determina que pessoas não saiam de casa entre os dias 19 e 21 de setembro

O governo de Serra Leoa, um dos três países mais afetados pelo ebola, informou neste sábado que todo o país será colocado sob confinamento por três dias, numa tentativa de conter a disseminação do ebola.

De acordo com o porta-voz do governo, Abdulai Bayraytay, a população será ordenada a ficar dentro de casa entre 19 e 21 de setembro. As datas foram escolhidas para que as pessoas tenham tempo de estocar comida e outras provisões antes que a proibição de movimentação entre em vigor. A medida tem como objetivo permitir que os profissionais de saúde identifiquem e isolem novos casos da doença.

Leia também:

ONU estabelece meta para conter ebola em até nove meses

Laboratório vai testar vacina contra ebola em humanos

A determinação já é questionada por entidades médicas. A organização Médicos Sem Fronteiras (MSF) declarou que “será extremamente difícil para os trabalhadores da área da saúde identificarem com precisão os casos através da triagem porta a porta”. O grupo afirmou também que, mesmo que mais casos suspeitos sejam identificados durante o período em que as pessoas devem ficar dentro de casa, o país não tem leitos suficientes para tratar essas pessoas.

Até agora, mais de 3 800 casos foram registrados e mais de 1 800 pessoas morreram na Guiné, Serra Leoa, Libéria, Senegal e Nigéria.

(Com Estadão Conteúdo)