Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Prestes a dar à luz, Kate é flagrada dirigindo. Pode?

Grávida de 40 semanas, a duquesa de Cambridge mantém uma rotina normal enquanto espera o nascimento do segundo filho com o príncipe William

A expectativa é grande para o nascimento do segundo filho da duquesa de Cambridge, Kate Middleton, e do herdeiro do trono britânico, o príncipe William. Mesmo assim, grávida de 40 semanas, Kate não deixou de seguir sua rotina. Na última semana, ela foi vista em programas domésticos– levou o primogênito George para passear no zoológico e faz compras no supermercado. Pois nesta terça-feira, a duquesa foi flagrada pelo tabloide britânico Daily Mail dirigindo o próprio carro.

A disposição de Kate chama a atenção, mas preocupa. Os médicos incentivam que a mulher continue ativa até o fim da gestação. Mas não recomendam que as futuras mamães peguem no volante a partir do fim do terceiro trimestre de gestação. “Nessa fase da gravidez, a gestante corre um risco maior de ter contrações, ter muita sonolência e náuseas”, explica a ginecologista Camila Massutani, do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo. “Esses sintomas a tornam extremamente vulnerável a acidentes”. Uma batida da barriga no volante, mesmo que leve, pode provocar trauma abdominal, prejudicando não só a mãe como também o bebê. Kate deveria usar o banco do passageiro.