Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Governo inclui adultos entre 30 e 39 anos no grupo de vacinação contra gripe A

Os adultos com idade entre 30 e 39 anos foram incluídos nesta quinta-feira pelo Ministério da Saúde na campanha de imunização contra a gripe A, que começa no dia 8 de março. Quando a vacinação foi anunciada, no final de janeiro, essa faixa etária não estava inclusa no calendário. Segundo o ministro da Saúde José Gomes Temporão, a inclusão aconteceu porque esse foi justamente o grupo com maior número de mortes causadas pela doença.

“A inclusão foi tomada com base nos seguintes critérios: foi o grupo com o maior numero de óbitos e de maior risco no conjunto da população e também porque sobrou vacina no Hemisfério Norte”, explicou o ministro. “Essa mobilização será de uma boa guerra, que é a guerra da saúde, para que a população esteja protegida quando a segunda onda da gripe chegar ao Hemisfério Sul. Vamos estar mais seguros do que no ano passado”, completou.

O plano do governo será agora dividido em cinco etapas. Na primeira, que ocorre entre os dias 8 e 19 de março, serão vacinados os trabalhadores do serviço de saúde, como médicos, enfermeiros, funcionários de laboratórios, além de recepcionistas e responsáveis pelos serviços de limpeza. Essa etapa incluirá ainda a vacinação de toda a população indígena.

Entre os dias 22 de março e 2 de abril ocorrerá a segunda fase, durante a qual serão vacinadas as pessoas com doenças crônicas – exceto idosos -, além dos obesos de grau três. A lista de doença crônicas inclui diabetes e os problemas hepáticos e renais. Também serão vacinadas nessa etapa as crianças com idade entre seis meses e 2 anos e as mulheres grávidas.

Já na terceira etapa, que vai vigorar entre 5 e 23 de abril, será imunizada toda a população saudável com idade entre 20 e 29 anos. Os idosos com mais de 60 anos e doenças crônicas serão vacinados somente na quarta etapa, que ocorre entre os dias 24 e abril e 7 de maio. A população entre 30 e 39 anos será vacinada na quinta etapa, entre os dias 10 e 21 de maio.

O ministro salientou que os brasileiros que não estiverem entre os grupos de imunização não devem procurar os postos. “Escolhemos os grupos por faixas etárias e portadores de doença com maior risco de adoecer”, disse. Ao todo, haverá 36.000 salas de vacinação em todos os estados do país. Para ser imunizado, basta ir a um posto de saúde portando carteira de vacinação e documento de identidade, respeitando as etapas estabelecidas pela Saúde. A vacina é contraindicada para pessoas com alergia a ovo.