Três presos da Lava Jato serão transferidos para cadeia

O juiz Sergio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, autorizou a transferência de três presos pela Lava Jato – o lobista João Augusto Henriques, o ex-diretor da área internacional da Petrobras Nestor Cerveró e o um dos donos da construtora Engevix José Antunes Sobrinho – da carceragem da Polícia Federal na capital paranaense para o Complexo Médico-Penal, no município de Pinhais (PR). Eles são suspeitos de integrar o esquema de corrupção, fraude em contratos e pagamento de propinas a autoridades e agora passarão a fazer companhia a réus do petrolão como o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, o ex-diretor da Petrobras Jorge Zelada e o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu. A transferência, pedida pela Polícia Federal, deve ser consolidada nos próximos dias. (Laryssa Borges, de Brasília)