Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

PF faz acareação entre Youssef e cunhada de Vaccari

A Polícia Federal faz uma acareação na tarde desta terça-feira entre o doleiro Alberto Youssef e Marice Corrêa de Lima, cunhada do tesoureiro do PT João Vaccari Neto. O objetivo é verificar a reação de Marice às acusações de Youssef. Em depoimento prestado no âmbito se deu acordo de delação premiada, o doleiro afirmou que entregou pessoalmente 400.000 reais para a cunhada de Vaccari. O dinheiro era parte dos pagamentos de propina devidos ao tesoureiro do PT no petrolão, o esquema de corrupção da Petrobras na Operação Lava Jato. Marice foi presa na semana passada não só pelas acusações de Youssef, mas também porque o Ministério Público constatou que ela recebeu um pagamento de 432.000 reais em 2013 da OAS, uma das empreiteiras que abasteciam o propinoduto em troca de privilégios. A revenda de um apartamento, construído pela OAS Empreendimentos, foi a justificativa apresentada por Marice e pela construtora para que ela recebesse os recursos. Embora Marice tenha declarado em Imposto de Renda que pagou 200.000 reais pelo imóvel, os investigadores suspeitam que não houve desembolso financeiro porque não identificaram nenhuma transferência para a OAS que justificasse a aquisição do apartamento nos meses anteriores. (Daniel Haidar, de São Paulo)