Justiça nega habeas corpus de Paulo Okamotto

Presidente do Instituto Lula havia pedido que o juiz federal Sergio Moro não recebesse a denúncia contra o acervo de Lula

A Justiça Federal de Curitiba negou o pedido liminar de habeas corpus impetrado pela defesa de Paulo Okamotto, presidente do Instituto Lula. Na última sexta-feira, o advogado de Okamotto, Fernando Fernandes, pediu que o juiz federal Sergio Moro, responsável pelos processos da Lava Jato, não recebesse a denúncia do Ministério Público Federal sobre o acervo de Lula, sob a justificativa de que os bens “integram o patrimônio cultural brasileiro e são declarados de interesse público”.

Leia mais:
Lula e a Lava Jato: prenda-me, se for capaz
CNMP nega liminar de Lula contra procuradores da Lava Jato
PGR denuncia Valdir Raupp na Lava Jato por suspeita de propina

Em sua decisão, o desembargador João Pedro Gebran Neto disse que o caráter liminar do pedido se deve ao fato de que “o paciente se encontra na iminência de sofrer constrangimento ilegal” e que “insurge a ordem em repressão à denúncia e em prevenção à decisão, que já se sabe estar a caminho”. “Em casos tais, nem mesmo o habeas corpus impetrado posteriormente ao recebimento da denúncia – quando já é possível confrontar as razões da denúncia e os fundamentos para seu recebimento – seria apropriado”, explicou o desembargador ao negar o pedido.

O advogado de defesa de Okamotto informou que vai impetrar outro habeas corpus contra o juiz.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Harrison Carlos

    Esse povo não se cansa de perder na justiça!
    Já vão perder de novo…

    Curtir

  2. Esse individuo está usa o dinheiro do povo brasileiro com esses advogados para tentar livrar-se da cadeia. O povo quer resposta urgente e a prisão desses canalhas e malfeitores. O provo criminoso do PT que ser extinto do BRASIL. Nação brasileira vamos reagir e exigir a condenação desses corruptos.

    Curtir

  3. Flavio Martins Viana

    Ao invés de tentar se defender esses bandidos querem impedir e processar juízes . Quadrilheiros!

    Curtir

  4. Roberto Negromonte Santos Negromonte

    Isso aí nobre e sapietíssimo rábula! essa estratégia de confrontar juizes, é do caraio! deve ter sido o gênio lulanovededos que a inventou…Onde já se viu juiz ignorar pedido de HC tão sério?.

    Curtir

  5. Celso Da Silveira

    Prendam esse abusado!

    Curtir

  6. Itamar Colimodio Esteves

    Esses pulhas usaram o Brasil como se fosse uma propriedade deles, e nessa hora tudo. Agora não querem ser julgados? Somente um STF Militar poderá salvar esse país das mãos desses comunistas do Foro de São Paulo.

    Curtir

  7. Paulo Santos

    Um advogado dizer que vai “impetrar outro habeas corpus contra o juiz” ? Não entendi.

    Curtir