Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ibope: governo Temer tem aprovação de 14% e reprovação de 39%

A popularidade de Temer sobe de 12% para 21% entre os moradores da Região Sul

A pesquisa do Ibope divulgada nesta terça-feira divulgou os índices de aprovação do governo do presidente Michel Temer. O levantamento mostrou que 39% dos brasileiros consideram o governo Temer ruim ou péssimo e 14% o aprovam. Ainda segundo a pesquisa, 34% dos entrevistados consideram a gestão regular e 12% não sabem ou não opinaram.

Encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), a pesquisa foi realizada entre os dias 20 e 25 de setembro e ouviu 2.002 pessoas, em 143 municípios. A margem de erro é de 2 pontos porcentuais para mais ou para menos. Os divulgados nesta terça-feira se assemelham aos do último levantamento, divulgado em 1º de julho, quando Temer – ainda como presidente em exercício – aparecia com a aprovação de 13% dos entrevistados, enquanto 39% o desaprovavam e 36% consideravam a gestão regular, outros 13% não souberam responder. 

No levantamento divulgado nesta terça-feira, a popularidade de Temer sobe entre os moradores da Região Sul do país. O porcentual dos que avaliam o governo como ótimo ou bom passa de 12% para 21%. No entanto, a popularidade do presidente cai entre os jovens de 16 a 24 anos. Nessa faixa etária, o porcentual que avalia o governo como ruim ou péssimo sobe de 33% para 38%.

LEIA TAMBÉM:
Temer diz que alta abstenção eleitoral é ‘recado aos políticos’
PGR pede urgência em decisão sobre denúncia contra Renan

O levantamento também avaliou a opinião dos entrevistados sobre a maneira como o presidente governa. Segundo o Ibope, 28% dos entrevistados a aprovam, enquanto 55% desaprovam  – outros 17% não souberam ou não opinaram.

Em outro ponto abordado pela pesquisa, 26% dos entrevistados disseram confiar no presidente Michel Temer, enquanto 68% afirmaram que não confiam e 6% não souberam ou não responderam. Em comparação com o governo da ex-presidente Dilma Rousseff, o levantamento revelou que 24% dos entrevistados consideram a gestão Temer melhor, 38% consideram igual, 31% avaliaram ser pior e 7% não souberam ou não responderam.

As perspectivas sobre o restante do mandato de Temer também foram avaliadas pela pesquisa e mostraram que 24% dos entrevistados disseram que o restante do governo será ótimo, enquanto 30% avaliam que será regular, 38% ruim ou péssimo e 8% não souberam ou não responderam.

Os índices de aprovação do governo por área de atuação com melhores avaliações são o meio ambiente, com 32% de aprovação e 56% de desaprovação, e educação, com 31% de aprovação e 62% de desaprovação. Já as taxas de juros e impostos continuam sendo as áreas com pior avaliação. Em ambos os casos, o porcentual de aprovação é de 15% e o de desaprovação, de 77%.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Tadeu Monteirinho

    Dr Temer não deve dar ouvido as pesquisas. O importante é que as coisas vão tomar o rumo certo, com ele no comando! Ninguem agrada a todos nem Jesus Cristo…

    Curtir

  2. Marcos Santos

    Realmente não pode ser popular um governo que insiste em medidas impopulares e unilaterais. Não que medidas impopulares não sejam necessárias, mas espera-se um diálogo amplo com todos os setores da sociedade para sua proposição e/ou implementação. E isso não quer dizer em nenhum momento que o se espera seja um governo populista.

    Curtir

  3. Marcos Ferax

    Esta bem melhor do que o Desgoverno da Quadrilha PT, agora quando ele começar a limpar o resto dos Petistas de dentro da maquina, e governar com firmeza rebatendo a corja remanescente da quadrilha ai terá o Pleno apoio do Povo, estamos de olho.

    Curtir