Tarja Steve Jobs e Apple

Empresas

Substituto de Jobs, Cook completa 1 ano à frente da Apple

Em sua gestão, compania se tornou empresa mais valiosa da história

  • Tim Cook, o novo executivo-chefe da Apple

    Chris Hondros/Getty Images

  • Tim Cook, CEO da companhia na abertura da WWDC, em São Francisco

    Justin Sullivan/Getty Images/AFP

  • Tim Cook e Steve Jobs, em evento da Apple, em 2007

    Getty Images

  • Tim Cook, CEO da Apple, apresenta o novo Ipad 3 durante o evento em São Francisco, nos Estados Unidos

    Robert Galbraith/Reuters

  • Tim Cook (de amarelo) visitou a fábrica pela última vez este ano. Apple preocupa-se com a repercussão negativa das crises na Foxconn

    Reprodução/Trending Blog

  •  Tim Cook, CEO da Apple, discursa durante o evento em São Francisco, nos Estados Unidos

    Kevork Djansezian/Getty Images/AFP

  • Tim Cook, CEO da Apple, durante a apresentação do novo iPhone em Cupertino, Califórnia

    Kevork Djansezian/Getty Images

  • Telão projeta a imagem de Tim Cook, CEO da Apple, durante o evento em São Francisco, nos Estados Unidos

    Leon Neal/AFP

  • Tim Cook, CEO da Apple, fala sobre o número de aplicativos baixados durante a WWDC 2012 em São Francisco, nos Estados Unidos

    Robert Galbraith/Reuters

  • Tim Cook, CEO da Apple, durante a apresentação do novo iPhone em Cupertino, Califórnia

    Kevork Djansezian/Getty Images

  • Tim Cook, CEO da Apple, anuncia atualização de software na WWDC

    Justin Sullivan/Getty Images/AFP

  • Pessoa usa iphone durante discurso de Tim Cook, CEO da Apple, em São Francisco, nos Estados Unidos

    Kevork Djansezian/Getty Images/AFP

Foto 0 / 12

Ampliar Fotos

Tim Cook, o homem que substituiu o gênio Steve Jobs no comando da Apple, completa nesta sexta-feira um ano à frente da mais valiosa empresa de tecnologia do planeta. Cook assumiu o cargo a pedido do fundador da companhia, que havia tirado uma licença médica para tratar de um câncer pancreático, que o levaria  à morte, em outubro do ano passado. Na ocasião, as ações da empresa sofreram queda.

Leia mais:
Quem é Tim Cook, o substituto de Steve Jobs
Tim Cook e novo iPad convencem plateia, diz brasileiro
'Nunca tentei ser Steve Jobs', diz CEO da Apple
Cinco desafios de Tim Cook, o novo CEO da Apple


Um ano depois, a decisão se provou acertada, e os papéis da companhia registraram alta de 44% na bolsa, reflexo da boa administração e da iminência do lançamento de novos produtos, como o novo iPhone e uma versão em miniatura do tablet iPad. Na semana passada, a companhia se tornou a mais valiosa da história, alcançando o valor de 623 bilhões de dólares.

Formado em engenharia industrial pela Universidade de Auburn, nos Estados Unidos, Cook está há 13 anos na empresa. Nesse período, compartilhou os palcos com Jobs durante lançamentos e apresentações oficiais da companhia. Enquanto o ex-CEO fazia seu show, Cook ficava responsável por apresentar recursos menores de produtos e serviços, além de introduzir desenvolvedores e parceiros responsáveis por explicar em detalhes os recursos.

Após assumir o cargo, Cook mudou substancialmente a forma pela qual os produtos da Apple são apresentados. Durante os últimos lançamentos, o executivo passou pouco tempo no palco, preferindo dividir o espaço com engenheiros e desenvolvedores com conhecimento aprofundado sobre os dispositivos. Ele conseguiu provar que existe vida na Apple após Steve Jobs.

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados