- Atualizado em

iPad 2
iPad 2(Chris Ratcliffe/Bloomberg/VEJA)

Que tal "escutar" um livro ao invés de apenas lê-lo? Essa é a proposta da Booktrack, empresa que desenvolveu um aplicativo que integra aos e-books efeitos de áudio, como narrações e sons ambiente. O programa, disponível para iPad e iPhone, pode ser encontrado na iTunes Store, a loja da Apple, e sua primeira versão, The Adventures of Sherlock Holmes - The Adventure of the Speckled Band, de Arthur Conan Doyle, pode ser baixada gratuitamente.

A companhia por trás do aplicativo foi fundada por Peter Thiel, cofundador e ex-CEO do PayPal, além de membro do conselho do Facebook, em parceria com editoras e músicos de diversas parte do mundo.

Até o momento, apenas cinco livros podem ser baixados no iTunes. Entre os títulos estão O Poder dos Seis (12,99 dólares), de Pittacus Lore, Rikki-Tikki-Tavi (gratuito), de Rudyard Kipling, O Gigante Egoísta (gratuito), de Oscar Wilde, e a fábula O Patinho Feio (gratuito).

In the Sputh, do premiado autor Salman Rushdie, será lançado até o final deste ano. Segundo os envolvidos no projeto, o livro terá uma trilha sonora clássica composta pela Orquestra Sinfônica da Nova Zelândia exclusivamente para o e-book.

A iniciativa de Thiel é chamar a atenção do público jovem e aumentar o seu interesse pela literatura. "É emocionante testemunhar a criação de uma nova forma de mídia", diz o fundador da Booktrack. Há, no entanto, quem discorde do investidor. "Isso soa como o oposto do que prega a leitura. Seria uma distração", afirma David Nicholls, autor do bestseller Um Dia.

Leia mais:

Atual mercado de livros vai falir, diz estudioso americano

TAGs:
iPad
Apple