Mais Lidas

  1. Pedro Corrêa faz relato contundente de envolvimento de Lula no petrolão

    Brasil

    Pedro Corrêa faz relato contundente de envolvimento de Lula no...

  2. Polícia pede a prisão de quatro suspeitos de estupro coletivo no Rio

    Brasil

    Polícia pede a prisão de quatro suspeitos de estupro coletivo no Rio

  3. Polícia tenta identificar bandidos que praticaram estupro coletivo em favela do Rio de Janeiro

    Brasil

    Polícia tenta identificar bandidos que praticaram estupro coletivo...

  4. OAB divulga nota em repúdio a estupro coletivo de jovem de 16 anos no Rio

    Brasil

    OAB divulga nota em repúdio a estupro coletivo de jovem de 16 anos...

  5. China cria ônibus que 'passa por cima' de engarrafamentos

    Economia

    China cria ônibus que 'passa por cima' de engarrafamentos

  6. Bolsa Família perdeu R$ 2,6 bilhões com fraudes

    Brasil

    Bolsa Família perdeu R$ 2,6 bilhões com fraudes

  7. PGR não tem mais dúvidas de que Lula comandou trama contra a Lava Jato

    Brasil

    PGR não tem mais dúvidas de que Lula comandou trama contra a Lava Jato

  8. Pimentel recebeu R$ 20 mi da Caoa, diz delator

    Brasil

    Pimentel recebeu R$ 20 mi da Caoa, diz delator

Igreja Católica confirma 620 casos de pedofilia na Austrália

Abusos teriam sido cometidos nos últimos oitenta anos no estado de Victoria. Arcebispo local classificou números como 'horríveis e vergonhosos'

- Atualizado em

Vaticano e cardeal envolvido em denúncia de complô negaram conspiração para assassinar Bento XVI
Em visita à Austrália, em 2008, Bento XVI pediu desculpas pelos casos de pedofilia no país(Alberto Pizzoli/AFP/VEJA)

A Igreja Católica confirmou 620 casos de abuso de menores cometidos por padres na Austrália desde 1930. O levantamento faz parte de um relatório entregue para a comissão parlamentar que investiga casos de pedofilia dentro de ordens religiosas no estado de Victoria.

Leia mais:

Membro da cúpula da Igreja é condenado por pedofilia nos EUA

'Padres pedófilos destroem credibilidade da Igreja', diz Papa

O arcebispo de Melbourne, Denis Hart, classificou os números levantados como "horríveis e vergonhosos". Em um comunicado, o religioso indicou que a maioria dos abusos aconteceu entre as décadas de 1960 e 1980. Desde 1990, acrescentou, apenas 13 casos foram registrados. Hart afirmou que a Igreja está colaborando plenamente com a comissão, que ainda investiga outros 45 casos. Ativistas, no entanto, acreditam que muitas ocorrências nunca chegaram a público e que o número de vítimas nos últimos oitenta anos pode chegar a 6.000, apenas no estado de Victoria.

"Este relatório demonstra que a igreja está comprometida a enfrentar a verdade e não se esquivar, diminuir ou evitar as ações daqueles que violaram seus votos sagrados", garantiu o arcebispo Hart. Em sua visita à Austrália, em julho de 2008, o papa Bento XVI se reuniu com algumas das vítimas de abusos sexuais cometidos por sacerdotes e pediu perdão em nome da Igreja.

(Com agência EFE)

TAGs:
Vaticano
Abuso Sexual
Pedofilia
Igreja
Australia