Mais Lidas

  1. Temer vence 1ª batalha e Congresso aprova meta fiscal

    Brasil

    Temer vence 1ª batalha e Congresso aprova meta fiscal

  2. Sequestrador de Ana Hickmann foi ‘assassinado com crueldade e frieza’, diz irmã

    Entretenimento

    Sequestrador de Ana Hickmann foi ‘assassinado com crueldade e...

  3. Ouça a conversa entre Ana Hickmann e fã que a atacou

    Entretenimento

    Ouça a conversa entre Ana Hickmann e fã que a atacou

  4. Afastado do Planejamento, Jucá ocupa tribuna do Congresso e provoca bate-boca

    Brasil

    Afastado do Planejamento, Jucá ocupa tribuna do Congresso e provoca...

  5. Em gravação, Renan fala em mudar lei da delação

    Brasil

    Em gravação, Renan fala em mudar lei da delação

  6. Miriam Belchior é exonerada da presidência da Caixa

    Economia

    Miriam Belchior é exonerada da presidência da Caixa

  7. Gilmar Mendes presidirá 2ª Turma do STF, responsável por julgar Lava Jato

    Brasil

    Gilmar Mendes presidirá 2ª Turma do STF, responsável por julgar...

  8. Bruna Linzmeyer sensualiza após ataques homofóbicos no Instagram

    Entretenimento

    Bruna Linzmeyer sensualiza após ataques homofóbicos no Instagram

Estudante mata colega e come seu coração e cérebro

Jovem admitiu crime após ser preso e foi acusado de assassinato de 1º grau

- Atualizado em

Um estudante americano confessou à polícia ter matado seu companheiro de quarto, desmembrado seu corpo e comido o coração da vítima e parte de seu cérebro, informou a imprensa local na quinta-feira. O motivo do crime ainda não foi determinado, mas Kinyua foi acusado de assassinato em primeiro grau na quarta-feira.

Alexander Kinyua, um estudante de 21 anos da Morgan State University, em Baltimore (no leste do país), foi preso na terça-feira depois que sua casa foi inspecionada pela polícia. O alerta foi feito pelo próprio irmão de Kinyua, que encontrou uma cabeça e mãos humanas, informou o jornal The Baltimore Sun.

Segundo a mesma fonte, Kinyua confessou na quinta-feira o assassinato e desmembramento de seu companheiro Kujoe Bonsafo Agyei-Kodie, desaparecido desde sexta-feira. Também admitiu ter comido partes de seu cérebro e, posteriormente, o coração completo.

(Com agência France-Presse)

TAGs:
Crime
Justiça
Estados Unidos