Mundo

Nelson Mandela deixa o hospital

O ex-presidente sul-africano Nelson Mandela, hospitalizado por causa de dores abdominais, deixou o hospital neste domingo, anunciou a presidência. "Os médicos decidiram que poderia voltar para cada, porque o procedimento de diagnóstico que ele fez não mostrou nada de grave", afirma o comunicado oficial.

Anteriormente, a ministra da Defesa, Lindiwe Sisulu, informou que Mandela foi submetido a uma laparoscopia e passava bem. A laporoscopia é um procedimento cirúrgico minimamente invasivo da cavidade abdominal com o laparoscópio, que é introduzido por uma incisão na parede abdominal.

"É um procedimento de diagnóstico", explicou a ministra, cujos serviços são responsáveis pela saúde dos ex-presidentes do país. "Ele está bem e se recupera da anestesia. Está bem de acordo com sua idade", acrescentou, enfatizando que "não teve nada de grave".

O presidente Jacob Zuma afirmou no sábado que o ícone da luta contra o apartheid ia receber alta neste domingo ou na segunda-feira.

(Com France-Presse)

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados