MMA

UFC lança parceria com projeto social na Rocinha

Apoio prevê investimentos em programa educacional e artístico, reforma do tatame e renovação total da academia com equipamentos de última geração

O campeão dos pesos pena José Aldo participou da cerimônia ao lado do ex-judoca Flávio Canto, idealizador do projeto

O campeão dos pesos pena José Aldo participou da cerimônia ao lado do ex-judoca Flávio Canto, idealizador do projeto (Ismar Ingber / Divulgação)

Depois do estrondoso sucesso em duas edições no Brasil, o UFC (Ultimate Fighting Championship) tenta estreitar os laços da marca com o país. A empresa firmou uma parceria com o Instituto Reação, nesta terça-feira, no Complexo Esportivo da Rocinha, no Rio de Janeiro. O projeto social, idealizado pelo ex-judoca medalhista olímpico Flávio Canto para ensinar judô a crianças de comunidades de baixa renda, é o primeiro do país a receber apoio do UFC.

“Se existe uma coisa que é unânime e universal é garantir um bom futuro para as nossas crianças. E os valores que o Flávio Canto traz para as comunidades com que trabalha são muito semelhantes aos valores trabalhados pelo UFC em todo o mundo. Essa é a parceria perfeita”, disse Marshall Zelaznik, diretor de Desenvolvimento Internacional do UFC.

Através da parceria, o UFC dará suporte para melhorias e a criação de novas instalações. O incentivo da organização se estende tanto às atividades esportivas – por meio da total renovação do dojô e da academia – quanto educacionais e artísticas – com apoio às salas de aula e oficinas de vídeo, fotografia e grafite.

A cerimônia de lançamento contou com a presença dos lutadores do UFC José Aldo, campeão dos pesos pena; Rousimar Toquinho, representante da categoria médio, e Renan Barão, um dos brasileiros entre os galos.

“Muitos atletas como eu, Barão, Toco (Toquinho), não tiveram a oportunidade de fazer parte de projetos como esse. Eu só tenho que agradecer ao Ultimate, Lorenzo, Dana e ao Marshall”, disse Aldo.

O apoio do UFC abrange duas frentes de atuação do Instituto: uma focada no desenvolvimento educacional e outra direcionada ao preparo físico dos atletas. O programa educacional, para alunos entre 4 e 15 anos, visa ao desenvolvimento de competências básicas para a vida em sociedade, abrangendo temáticas como meio-ambiente, tecnologia e comunicação. A parceria auxiliará as atividades disciplinares regulares e artísticas, com investimentos nas oficinas de fotografia, vídeo e grafite.

No Instituto Reação, o judô também é trabalhado como uma ferramenta educacional, desenvolvendo não só as técnicas da modalidade, mas também os valores do esporte e as capacidades sociais, cognitivas e pessoais dos pequenos atletas. Com isto em mente, o Ultimate Fighting Championship ® investiu também na reforma total do dojô, área destinada à prática de artes marciais, frequentado pelos alunos do projeto ao longo da semana. Com todas as ações, a parceria irá atingir diretamente 400 crianças e 50 atletas das comunidades do entorno do Polo Rocinha.

Além do dojô, os atletas do Reação, que atende 1.200 crianças nas comunidades da Rocinha, Tubiacanga, Cidade de Deus e Pequena Cruzada, foram beneficiados com uma sala de musculação totalmente renovada. A academia, utilizada diariamente, recebeu aparelhos de última geração, visando a melhor preparação dos atletas para as competições. Entre os frequentadores da academia estão esperanças olímpicas para os Jogos Olímpicos Rio 2016.

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados