Mais Lidas

  1. Justiça de SP envia a Moro pedido de prisão de Lula

    Brasil

    Justiça de SP envia a Moro pedido de prisão de Lula

  2. Sasha Meneghel vai fazer faculdade nos Estados Unidos

    Entretenimento

    Sasha Meneghel vai fazer faculdade nos Estados Unidos

  3. Barraco na comissão do impeachment: 'Vamos falar lá fora, seu m...'

    Brasil

    Barraco na comissão do impeachment: 'Vamos falar lá fora, seu m...'

  4. Justiça do Rio envia ao STF arquivos da Lava Jato com referência a Dilma

    Brasil

    Justiça do Rio envia ao STF arquivos da Lava Jato com referência a...

  5. 'Game of Thrones' pode mostrar cena decisiva no próximo episódio

    Entretenimento

    'Game of Thrones' pode mostrar cena decisiva no próximo episódio

  6. Justiça bloqueia bens do senador Lindbergh Farias

    Brasil

    Justiça bloqueia bens do senador Lindbergh Farias

  7. Ursinho, fraldas e um chocalho de ouro: confira a lista de presentes da princesa Charlotte

    Mundo

    Ursinho, fraldas e um chocalho de ouro: confira a lista de...

  8. Desinteresse por sexo: isso é mais comum do que se imagina

    Saúde

    Desinteresse por sexo: isso é mais comum do que se imagina

Neymar admite: seleção deixou a desejar contra a Bósnia

- Atualizado em

Neymar, durante partida amistosa entre Brasil x Bósnia, relizada no Estádio AFG Arena na cidade de St. Gallen, Suíça
Neymar, durante partida amistosa entre Brasil x Bósnia, relizada no Estádio AFG Arena na cidade de St. Gallen, Suíça(Ulmer/Imago Sportfotodienst/Fotoarena/VEJA)

Os jogadores da seleção brasileira que atuam no futebol nacional desembarcaram no Brasil na madrugada desta quinta-feira depois da vitória por 2 a 1 sobre a Bósnia, na última terça-feira, na Suíça. O grupo foi dividido em dois: Neymar, Ganso, Lucas, Rafael e Leandro Damião vieram para São Paulo, enquanto Ronaldinho Gaúcho e Dedé aterrisaram no Rio de Janeiro.

Principal nome do ataque brasileiro, o santista Neymar admitiu que o desempenho diante dos bósnios ficou aquém do esperado. Mesmo com o técnico Mano Menezes à frente do time nacional desde agosto de 2010, o jogador deixou claro que a equipe ainda precisa evoluir bastante para adquirir consistência.

"O grupo está mudando, isso é normal. Tenho certeza que a seleção vai pegar uma identidade aos poucos, jogando junto", disse o jogador, que elogiou o desempenho da Bósnia em St. Gallen. "A seleção da Bósnia não é um time qualquer. Eles têm jogadores de muita qualidade. O jogo foi difícil, mas conseguimos aproveitar mais esse amistoso. O importante foi ter vencido", disse Neymar.

Vinda de seis vitórias consecutivas, contra Argentina, Costa Rica, México, Gabão, Egito e Bósnia, a seleção brasileira volta a jogar no dia 26 de maio, em amistoso contra a Dinamarca, em Hamburgo. Quatro dias depois, o rival será os EUA, em Washington.

(Com agência GazetaPress)

TAGs:
Seleção Brasileira de Futebol
Neymar