Mais Lidas

  1. Bom para ambas as partes?

    Brasil

    Bom para ambas as partes?

  2. Attuch, o porta-voz da quadrilha

    Brasil

    Attuch, o porta-voz da quadrilha

  3. Após foto em velório, Ana Paula Valadão diz que vai deixar redes sociais

    Entretenimento

    Após foto em velório, Ana Paula Valadão diz que vai deixar redes...

  4. Parlamento Europeu pede que Reino Unido comece a sair da UE na terça

    Mundo

    Parlamento Europeu pede que Reino Unido comece a sair da UE na terça

  5. 'Que país é esse?' Moro é aplaudido durante show em Curitiba

    Brasil

    'Que país é esse?' Moro é aplaudido durante show em Curitiba

  6. Premiê escocesa diz que parlamento do país pode bloquear o Brexit

    Mundo

    Premiê escocesa diz que parlamento do país pode bloquear o Brexit

  7. O PT assaltou até funcionários públicos endividados

    Brasil

    O PT assaltou até funcionários públicos endividados

  8. Entenda a diferença entre Inglaterra, Grã-Bretanha e Reino Unido

    Mundo

    Entenda a diferença entre Inglaterra, Grã-Bretanha e Reino Unido

Cristiano Ronaldo: 'rico, bonito e bom' - mas sempre em 2º

Ser o português não é tão fácil quanto parece. Está sempre na sombra de Messi

- Atualizado em

  • Voltar ao início

  • Todas as imagens da galeria:


Nem em Madri se acredita que Ronaldo será capaz de tirar a coroa do rival daqui em diante. Uma conclusão dolorosa para um jogador que não aceita perder

Num dia típico, o português Cristiano Ronaldo acorda numa mansão em Madri, se despede de uma modelo russa e dirige uma Lamborghini até a sede do clube mais rico e poderoso do planeta. Depois de treinar no Real Madrid, que paga a ele um salário mensal de 1 milhão de euros, Ronaldo lida com a caçada implacável de mulheres dispostas a tudo para roubá-lo da noiva, Irina Shayk - e avalia a possibilidade de trocar a Espanha por algum outro país europeu (recentemente, a imprensa da Inglaterra divulgou uma proposta de quase 3 milhões de euros mensais ao português). Ainda assim, por mais inacreditável que pareça, é possível dizer que Cristiano Ronaldo é um sujeito azarado. Isso porque o craque, notório mau perdedor, tem a competitividade no sangue, e não gosta de ser derrotado nem no par ou ímpar. E, para seu desespero, vive num tempo em que não conseguirá ser o melhor no que faz. Certa vez, Ronaldo disse que só era vaiado pelos torcedores de times rivais porque é "rico, bonito e grande jogador". Enquanto Lionel Messi estiver em ação, no entanto, o português não voltará a ser o que mais queria: o melhor jogador de futebol do mundo. Ele já ganhou o título no passado - foi em 2008, superando até o argentino. Mas Messi tinha só 19 anos, e ainda mal tinha se estabelecido como ídolo do Barcelona. Nem em Madri se acredita que Ronaldo será capaz de tirar a coroa do rival daqui em diante. Uma conclusão dolorosa para um jogador que, não fosse o argentino, seria disparado o melhor do planeta. Com números espetaculares, grandes conquistas, um futebol quase irretocável e muito carisma, Ronaldo seria candidato perfeito a reinar sozinho. Terá, porém, de se contentar em ser o segundo melhor. A seguir, confira o que faz do português um supercraque:

TAGs:
Futebol Europeu
Real Madrid
Cristiano Ronaldo
Lionel Messi