Tarja Cinema

Cinema

Will Smith lança 'Homens de Preto 3' no Rio de Janeiro

Em companhia de Josh Brolin, o protagonista da franquia milionária inaugurada em 1997 revela que tinha medo de ver suas orelhas em 3D

Carlos Helí de Almeida
Os atores Will Smith e Josh Brolin, protagonistas de 'Men in Black 3' posam no Rio de Janeiro, onde estão para o lançamento do filme

Os atores Will Smith e Josh Brolin, protagonistas de 'Men in Black 3' posam na varanda do hotel Copacabana Palace, no Rio de Janeiro (Felipe Panfili e Roberto Filho / AgNews/VEJA)

Embora festejada por nove entre dez diretores de cinema, a nova tecnologia 3D costumava deixar Will Smith meio tenso. “Eu ficava terrivelmente preocupado em saber como minhas orelhas iriam aparecer em três dimensões na tela. Elas poderiam ficar horríveis, mas até que não parecem tão ruins assim ”, brincou o ator e comediante americano, conhecido por suas orelhas de abano, durante a coletiva de imprensa de Homens de Preto 3, longa-metragem que será lançado em cópias tridimensionais, realizada no início da tarde desta quinta-feira (23), no Copacabana Palace.

Ao seu lado, o ator Josh Brolin, um dos novos companheiros de Smith no terceiro capítulo da milionária franquia, iniciada em 1997, com estreia nos cinemas brasileiros prevista para 25 de maio, confessou demonstrar preocupação com outra parte do corpo. “O diretor de fotografia do filme, que conheço já há algum tempo, jurava que minha cabeçona ficaria maravilhosa em 3D. Mas eu duvidei até o último momento”, provocou Brolin, também arrancando gargalhadas da plateia de jornalistas.

Os dois chegaram ao Rio de Janeiro na quarta-feira, e ficarão na cidade pelo menos até esta sexta-feira (24) promovendo a nova aventura dos agentes que monitoram alienígenas na Terra, mais uma vez dirigida por Barry Sonnenfeld. Brolin foi o primeiro a chegar, pela manhã. Visitou as ilhas Cagarras (“The Shit Islands”, como ele aprendeu a descrevê-las), onde fez mergulhos com sua divulgadora, subiu o Pão de Açúcar e, à noite, já em companhia de Smith, que chegara no final do dia em seu jatinho particular, foi jantar em uma churrascaria da Zona Sul. “Adoro a comida brasileira. Acho que vou sair daqui mais gordo”, riu o ator de 44 anos.

Smith já é um velho conhecido da cidade. Esteve no Rio pela primeira vez em 2005, para lançar Hitch – Conselheiro Amoroso, e voltou dois anos depois com Eu Sou a Lenda, no qual contracenou com a atriz brasileira Alice Braga. Desta vez, recebeu reproduções de fotos do jogador Neymar, da atriz Suzana Vieira e da Mulher Melancia e foi instigado a apontar quem lhe pareciam celebridades nacionais ou alienígenas fantasiados como seres humanos. O sempre bem-humorado ator não perdeu a linha: “Man, adoro o Brasil. Não vou me comprometer com isso”, riu o astro de 43 anos.

“Ela parece com a minha madrasta”, disse Brolin, apontando para a foto de Suzana Vieira. “Ah, mas esta outra também se parece com a minha madrasta”, corrigiu, olhando para a foto em que Valesca Popozuda exibe sua parte anatômica mais conhecida para a câmera do fotógrafo.

A coletiva foi precedida pela exibição de um trailer oficial e duas sequências inéditas de Homens de Preto 3. No filme, Smith volta ao personagem J, um dos membros da organização ultrassecreta que policia atividades extraterrestres no planeta. Ao chegar para mais um dia no trabalho, J descobre que K (Tommy Lee Jones, seu parceiro nos dois filmes anteriores) morreu há 40 anos. Decidido a salvar o amigo de seu trágico destino, J arruma um jeito de voltar ao ano de 1969 e fazer contato com o jovem K, interpretado por Brolin. “O problema é que a cabeça do Josh é maior do que a do Tommy”, provocou Smith.

Homens de Preto 3 chega aos cinemas 10 anos depois do segundo longa-metragem da série. “A primeira continuação foi fácil fazer, porque o primeiro filme tinha sido um sucesso e ninguém quer deixar de aproveitá-lo. Mas o gosto de novidade tinha passado. Levamos muito tempo para encontrar uma história que realmente amássemos fazer, e que não parecesse apenas uma terceira parte de uma franquia que deu certo”, justificou Smith.

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados