Mais Lidas

  1. Justiça de SP envia a Moro pedido de prisão de Lula

    Brasil

    Justiça de SP envia a Moro pedido de prisão de Lula

  2. Sasha Meneghel vai fazer faculdade nos Estados Unidos

    Entretenimento

    Sasha Meneghel vai fazer faculdade nos Estados Unidos

  3. Barraco na comissão do impeachment: 'Vamos falar lá fora, seu m...'

    Brasil

    Barraco na comissão do impeachment: 'Vamos falar lá fora, seu m...'

  4. Justiça bloqueia bens do senador Lindbergh Farias

    Brasil

    Justiça bloqueia bens do senador Lindbergh Farias

  5. Ursinho, fraldas e um chocalho de ouro: confira a lista de presentes da princesa Charlotte

    Mundo

    Ursinho, fraldas e um chocalho de ouro: confira a lista de...

  6. Desinteresse por sexo: isso é mais comum do que se imagina

    Saúde

    Desinteresse por sexo: isso é mais comum do que se imagina

  7. Brasil foi vítima de estelionato eleitoral, diz procurador do TCU

    Brasil

    Brasil foi vítima de estelionato eleitoral, diz procurador do TCU

  8. Cantora Rosanah leva choque e desmaia durante show em MG

    Entretenimento

    Cantora Rosanah leva choque e desmaia durante show em MG

Dois anos após prisão, Polanski receberá prêmio na Suíça

Diretor franco-polonês foi preso no país a pedido dos Estados Unidos

- Atualizado em

Roman Polanski, diretor de cinema
Roman Polanski, diretor (Elisabetta Villa / Getty Images/VEJA)

O diretor franco-polonês Roman Polanski, que foi preso em 2009 na Suíça, a pedido dos Estados Unidos, receberá no país um prêmio pelo conjunto de sua obra. Os organizadores do Festival de Cinema de Zurique anunciaram nesta quinta-feira que o prêmio será entregue na abertura do evento. Foi justamente para ser agraciado pelo festival que Polanski viajara à Suiça há dois anos, quando foi preso ainda no desembarque. A porta-voz do festival, Claudia Wintsch, disse que Polanski estará presente na entrega do prêmio, marcada para o próximo dia 27 de setembro.

Os EUA movem um processo judicial contra o diretor desde 1977, em que o acusam de ter estuprado uma garota de 13 anos Em julho de 2010, quando a Suíça negou aos EUA a extradição de Polanski, ele foi solto da prisão domiciliar. O diretor também cumpriu pena de dois meses na cadeia, até que as autoridades locais decidissem sobre a sua extradição. O diretor, que pode viajar livremente entre a França -- onde vive -- e a Suíça, está impedido de entrar em 188 países em que a Interpol tem mandados de prisão contra ele, sob o risco de ser novamente detido e extraditado para os Estados Unidos.

Polanski é acusado de ter estuprado em 1977 Samantha Geimer, então com 13 anos. Samantha, que diz ter perdoado o diretor, fez em 2005 um acordo extrajudicial que lhe rendeu 250.000 dólares e retirou a queixa cível cotra Polanski. O processo judicial, no entanto, segue nos Estados Unidos. O diretor chegou a ser preso naquele país e fugiu para a Europa em 1978.

TAGs:
Estupro