- Atualizado em

  • Voltar ao início

  • Todas as imagens da galeria:


(Atualizado às 15h)

A jornalista, atriz e escritora Scarlet Moon de Chevalier, de 62 anos, morreu na madrugada desta quarta-feira em sua casa, no Rio de Janeiro. Segundo o jornal Bom Dia Brasil, da TV Globo, ela sofria, havia três anos, da síndrome de Shy-Drager, uma doença degenerativa, e não resistiu a uma parada cardiorespiratória.

Scarlet Moon e Lulu Santos foram casados
Scarlet Moon e Lulu Santos foram casados(Reprodução/VEJA)

Scarlet foi casada por 28 anos com o cantor e compositor Lulu Santos. Ela deixa os filhos Gabriela, Christovam e Theodora, de relacionamentos anteriores (que o cantor tratava como se fossem dele), e dois netos. Em seu perfil no Twitter, Lulu descreveu a notícia da morte da ex-mulher como "desvastadora" e a homenageou com versos de um de seus maiores hits, Tão Bem. "Ela me encontrou, eu estava por aí num estado emocional tão ruim, me sentindo muito mal, sozinho, perdido, andando d bar em bar (sic)..."

O cantor também lembrou do tempo em que estiveram juntos e disse que o relacionamento "foi eterno enquanto durou". Lulu contou também que acompanhou de perto a luta de Scarlet contra a doença. "Os últimos anos foram uma batalha morro acima contra uma devastadora doença degenerativa q lhe roubou a vida em vida, e isto, em mim, sempre doeu a mais ñ caber. Perdemos Miss Moon para uma moléstia cruel."

Lulu presta homenagem à ex-mulher no Twitter
Lulu presta homenagem à ex-mulher no Twitter(Reprodução/VEJA)

Trajetória - A jornalista ficou conhecida por seu jeito irreverente de apresentar o programa de entrevistas Noites Cariocas, da TV Record, ao lado de Nelson Motta, nos anos 1980. Ela também apresentou o Fantástico e o Jornal Hoje nos anos 1970.

A relevância artística de Scarlet na cena cultural brasileira dos anos 1980 foi celebrada pela cantora Rita Lee, que escreveu a música Scarlet Moon em sua homenagem. A canção foi gravada por Lulu em seu disco de estreia, Tempos Modernos, lançado em 1982.

Autora dos livros Dr. Roni e Mr. Quito (biografia do irmão, Ronald de Chevalier, o Roniquito, figura conhecida no Rio nos anos 60 e 70) e de Areias Escaldantes, Scarlet assinava, desde 1996, a coluna Abalo, do caderno Zona Sul, do jornal O Globo.

A página de Scarlet no Facebook informa que o velório vai ser realizado no Cemitério São João Batista até as 16h e seu corpo será cremado na quinta-feira.

TAGs:
Celebridade
Rio de Janeiro
Cultura
Cultura Pop