Enem 2009

'Prestei o Enem. Como me inscrever no vestibular das federais?'

A possibilidade de utilizar somente a nota do novo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para ingressar nas universidades federais gerou muitas dúvidas entre os estudantes. Porém, a partir de abril, após anúncio do Ministério da Educação (MEC), as instituições puderam escolher voluntariamente se o novo Enem iria ou não substituir por completo seus processos seletivos.

Das 55 universidades, 22 decidiram aderir à seleção unificada (confira a relação). Nesses casos, a proposta de inscrição será semelhante à forma já adotada pelo Programa Universidade para Todos (ProUni). As outras 33 instituições irão aderir ao exame de formas variadas, todas aprovadas pelo MEC. Héliton Ribeiro Tavares, um dos diretores do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), que organiza a prova, afirma que o nível de adoção do Enem pelas instituições deve aumentar. "Esperamos que, em três anos, todas as federais tenham adotado o Enem como fase única de seus processos seletivos".

A partir do dia 4 de dezembro, com o resultado do Enem em mãos, os estudantes poderão optar por cinco cursos - de uma mesma universidade ou de até cinco instituições diferentes. Em seguida, deverão se inscrever exclusivamente via internet, no site do MEC, ordenando suas preferências e universidades.

No ato da inscrição, o estudante já saberá qual a nota do Enem necessária para concorrer a cada curso, com as chamadas notas de corte. Todas elas deverão ser previamente divulgadas pelas universidades em edital.

Notas de corte - Enquanto as inscrições estiverem abertas nas universidades federais, as notas de corte poderão sofrer alterações. Desse modo, as instituições poderão modificar as notas mínimas para ingresso em cada curso de acordo com as pontuações dos estudantes inscritos. Caso as notas dos candidatos no Enem estejam muito acima da nota proposta inicialmente pela universidade, ela poderá aumentar a exigência.

Por outro lado, os estudantes também terão suas vantagens. Haverá uma atualização diária das notas de corte de todos os cursos disponíveis, as quais poderão ser consultadas via internet. Caso perceba que sua média do Enem não é mais suficiente para se candidatar ao curso de preferência, o estudante poderá mudar de opção, escolhendo uma carreira com exigências menores.

Adotarão o Enem como fase única:
Universidade Federal do ABC (UFABC)
Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL)
Universidade Federal do Amazonas (UFAM)
Universidade Federal da Bahia (UFBA)
Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA)
Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO)
Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI)
Universidade Federal de Lavras (UFLA)
Universidade Federal do Maranhão (UFMA)
Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT)
Universidade Federal de Pelotas (UFPEL)
Universidade Federal do Piauí (UFPI)
Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB)
Universidade Federal de Rondônia (UNIR)
Universidade Federal de São João Del Rei (UFSJ)
Universidade Federal do Tocantins (UFT)
Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM)
Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF)
Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE)
Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ)
Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA)
Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR)

Adotarão o exame como 1ª fase de vestibular:
Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)
Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS)
Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP)
Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)
Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
Universidade Federal de São Paulo (Unifesp)
Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

Adotarão o Enem para preencher vagas remanescentes:
Universidade Federal do Acre (UFAC)
Universidade Federal de Alagoas (UFAL)
Universidade Federal de Campina Grande (UFCG)
Universidade Federal de Goiás (UFG)
Universidade Federal de Grande Dourados (UFGD)
Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)
Universidade Federal do Rio Grande (FURG)
Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
Universidade Federal de Sergipe (UFS)
Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM)
Universidade Federal de Viçosa (UFV)

Utilizará o Enem para compor a nota de seu vestibular:
Universidade Federal do Paraná (UFPR)

Não decidiram se adotarão o Enem:
Universidade Federal do Ceará (UFC)
Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
Universidade Federal do Pará (UFPA)
Universidade Federal da Paraíba (UFPB)
Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)
Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
Universidade Federal de Roraima (UFRR)
Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)

Utilizarão o Enem nos próximos vestibulares:
Universidade de Brasília (UnB)
Universidade Federal Fluminense (UFF)
Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA)
Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR)

Rejeitaram o Enem:
Universidade Federal do Amapá (UNIFAP)
Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA)

 

(Marina Dias)

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados