Tarja Enem e Vestibulares

Enem

Inep divulga notas máxima e mínima do Enem 2013

Maior pontuação foi registrada na área de matemática: 971,5 pontos

Inep divulga notas máximas e mínimas do Enem 2013

Inep divulga notas máximas e mínimas do Enem 2013 (Thinkstock/VEJA)

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão do Ministério da Educação (MEC), divulgou nesta sexta-feira as notas máxima e mínima alcançadas por participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2013. A maior pontuação é relativa à área de matemática e suas tecnologias, com 971,5 pontos. O menor desempenho nessa categoria foi de 322,4 pontos.

área de conhecimento Nota Máxima NOTA mínima
Matemática e suas Tecnologias
971,5
322,4
Ciências da Natureza
901,3
311,5
Ciências Humanas
888,7
299,5
Linguagens e Códigos 
813,3
261,3

Para contabilizar os pontos, o Enem utiliza um complexo sistema matemático chamado Teoria de Resposta ao Item (TRI), que não permite que um candidato receba zero como nota mínima, nem 1.000 pontos como nota máxima. "Os participantes que deixam a prova em branco ou erram todas as questões da prova recebem a nota mínima correspondente ao seu caderno de prova", explica Luiz Cláudio Costa presidente do Inep.

Com base na TRI, uma questão assinalada corretamente na prova não tem valor em si. Ela só adquire peso quando o sistema de correção avalia o desempenho geral do participante na prova e o grau de dificuldade da questão.

Isso porque o método não considera apenas os acertos, mas também os erros. Se o participante acerta somente questões difíceis, sinaliza ao sistema de correção inconsistência no domínio da disciplina avaliada, pois a TRI considera que o conhecimento necessário à resolução dos testes fáceis é um pré-requisito à solução dos mais complexos.

Em resumo: quem não domina as quatro operações matemáticas básicas não teria condições de resolver equações do segundo grau e a resposta correta pode ser interpretada como um “chute”. Obedecendo à mesma lógica, o sistema deve atribuir nota mais alta a outro participante que tenha desempenho mais regular, ainda que ele não se saia tão bem com as questões mais difíceis. 

Para facilitar o entendimento dos estudantes quanto à metodologia de cálculo das proficiências, o Inep criou um mapa de itens do exame. Por meio do sistema on-line, os interessados poderão acessar itens das provas, explicações sobre o cálculo da nota e entender como ocorre a variação da complexidade dos itens ao longo da chamada escala de proficiência.

Leia também:
Prouni encerra inscrições nesta sexta-feira
Enem 2013: só 8% conseguem certificado do ensino médio
MEC divulga as notas do Enem 2013
Teste vocacional: descubra as carreiras que têm mais a ver com você

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados