Mais Lidas

  1. Lula sempre ganhou mensalinho da OAS, diz empreiteiro

    Brasil

    Lula sempre ganhou mensalinho da OAS, diz empreiteiro

  2. A miss-bumbum e o clima de fim da festa no Planalto

    Brasil

    A miss-bumbum e o clima de fim da festa no Planalto

  3. Janot pede ao STF que proíba PF de negociar delações

    Brasil

    Janot pede ao STF que proíba PF de negociar delações

  4. Senadora governista tenta paralisar comissão do impeachment

    Brasil

    Senadora governista tenta paralisar comissão do impeachment

  5. Temer monta seu governo: “Quero entrar para a história”

    Brasil

    Temer monta seu governo: “Quero entrar para a história”

  6. Denúncia contra Dilma não deve ser ampliada, diz Lira

    Brasil

    Denúncia contra Dilma não deve ser ampliada, diz Lira

  7. FHC presta depoimento à PF sobre acusações de ex-amante

    Brasil

    FHC presta depoimento à PF sobre acusações de ex-amante

  8. Janaína Paschoal: 'Foram anos de falsidade ideológica na nossa cara'

    Brasil

    Janaína Paschoal: 'Foram anos de falsidade ideológica na nossa cara'

HSBC reduz juros do crédito para pessoa física

Banco inglês é o primeiro de capital privado a anunciar a diminuição das taxas após os programadas divulgados pela Caixa e pelo Banco do Brasil

- Atualizado em

agência do HSBC em Nova York
HSBC corta juros de CDC, financiamento de veículos e crédito consignado(Andrew Burton/Stringer/Getty Images/VEJA)

No financiamento de veículos, o HSBC baixou juros de 1,48% para 0,98% ao mês - o mesmo nível da taxa cobrada pela Caixa

O HSBC anunciou nesta quinta-feira redução dos juros em algumas modalidades de crédito voltadas para pessoa física. Os cortes foram realizados nas linhas de empréstimo pessoal, financiamento de veículos e crédito consignado, segundo comunicado do banco à imprensa. As taxas menores começam a vigorar imediatamente.

O HSBC foi o primeiro banco privado a reduzir taxas. Na segunda-feira, a Caixa Econômica Federal baixou os juros, com alguns dos cortes chegando a 88%. Na semana anterior, o Banco do Brasil já havia anunciado taxas menores. Na terça-feira, o Banco do Estado do Rio Grande do Sul (Banrisul) também cortou seus juros.

No banco privado de origem inglesa, a taxa mínima do crédito pessoal caiu de 2,45% ao mês para 1,99%. No financiamento de veículos, de 1,48% para 0,98%, mesmo nível do juro cobrado pela Caixa. No crédito consignado, com desconto em folha de pagamento, a taxa saiu de de 1,59% para 0,99%.

Nesta quinta-feira, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse que os bancos privados têm espaço para reduzir os juros e que o governo não iria atender às solicitações da Federação Brasileira de Bancos (Febraban). Anteontem, o presidente da entidade, Murilo Portugal, entregou cerca de 20 demandas dos bancos para baixarem os juros, que incluem redução de compulsórios e mais garantias do tomador para concessão de empréstimos.

TAGs:
Juros
Empréstimo
HSBC