Gente

Em entrevista à 'Playboy', Sandy diz que é 'boa em fazer strip-tease'

Em conversa que sai na edição de aniversário da revista, em agosto, cantora também fala em ter prazer além do papai-e-mamãe

Sandy diz que é 'boa em fazer strip-tease'

  Sandy diz que é 'boa em fazer strip-tease' (Alex Palarea / AgNews)

"Vale até a velha chamada de capa-clichê: 'Sandy como você nunca viu'", avisa o diretor de redação da Playboy, ao anunciar em seu blog a entrevista que a cantora deu à edição de aniversário da revista, nas bancas em agosto. Entre outras coisas, Sandy, que se tornou garota-propaganda da cerveja Devassa no começo do ano, disse que é possível ter prazer no sexo anal. E que é "boa em fazer strip-tease".

Desde que lançou o disco Manuscrito, no ano passado, a cantora Sandy vem tentando se livrar da fama de certinha. No show de abertura da turnê de divulgação do álbum, o primeiro sem o irmão, Junior Lima, ela chegou a ensaiar algumas personas distintas no palco, prenunciando o que estaria para acontecer em 2011. 

Leia também: Em sua primeira turnê solo, Sandy apresenta cinco contidas variações sobre sua personalidade

'Sandy se tornou mulher', diz ex-BBB Ariadna

A imagem de corretinha de Sandy, porém, é forte. Tanto que cada passo dado pela cantora no sentido de quebrá-la causa estrondo. Nesta quinta-feira, com a divulgação de partes da entrevista dada à Playboy, Sandy entrou para a lista dos assuntos mais discutidos do Twitter, com o trend topic #sandyfazanal.

"Foi isso mesmo que eu li?", pergunta um usuário da rede de microblogs. "Já está sabendo do babado?", posta outro. "E finalmente foi revelado o que Maria Chiquinha foi fazer no mato", escreve um terceiro, citando a música com que Sandy iniciou carreira.

Além da entrevista da filha de Xororó, a revista traz um ensaio da coelhinha Crystal Harris, ex-noiva do fundador da publicação, Hugh Hefner, e como cacrro-chefe o retorno da apresentadora Adriane Galisteu. Ela foi clicada em San Pietro de Positano, na Itália, pelo fotógrafo J.R. Duran, o mesmo que assinou seu último ensaio, de 1995, que vendeu cerca de 900.000 exemplares.



Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados