Mais Lidas

  1. Temer revoga decreto de Dilma e restitui poder às Forças Armadas

    Brasil

    Temer revoga decreto de Dilma e restitui poder às Forças Armadas

  2. Luiza Brunet diz ter sido espancada pelo ex, Lírio Parisotto

    Entretenimento

    Luiza Brunet diz ter sido espancada pelo ex, Lírio Parisotto

  3. Ex de Luiza Brunet se defende: 'Versão distorcida'

    Entretenimento

    Ex de Luiza Brunet se defende: 'Versão distorcida'

  4. Rio-2016: emissora de TV alemã tem equipamento roubado

    Esporte

    Rio-2016: emissora de TV alemã tem equipamento roubado

  5. Muro da mansão de Zuckerberg no Havaí irrita moradores locais

    Mundo

    Muro da mansão de Zuckerberg no Havaí irrita moradores locais

  6. Movimentação financeira de 'garçom do Lula' foi 69 vezes superior aos seus rendimentos

    Brasil

    Movimentação financeira de 'garçom do Lula' foi 69 vezes superior...

  7. PF descobre laços impróprios entre Toffoli e empreiteiro do petrolão

    Brasil

    PF descobre laços impróprios entre Toffoli e empreiteiro do petrolão

  8. Como uma traição fez Boris Johnson desistir de ser premiê britânico

    Mundo

    Como uma traição fez Boris Johnson desistir de ser premiê britânico

Tiroteio em Minas Gerais deixa nove mortos

Polícia montou cerco a quadrilha que explodiu caixas eletrônicos em Itamonte. Todos os mortos são criminosos, segundo policiais. Um agente ficou ferido

- Atualizado em

Tiroteio em Itamonte, em Minas Gerais, deixa nove mortos
Tiroteio em Itamonte, em Minas Gerais, deixa nove mortos(Estadão Conteúdo/VEJA)

Nove pessoas morreram e cinco ficaram feridas esta madrugada em um tiroteio em Itamonte, em Minas Gerais. O confronto ocorreu por volta das 2h, depois que criminosos explodiram caixas eletrônicos de uma agência bancária na cidade. Houve cerco montado por policiais e uma grande troca de tiros. A quadrilha, segundo informa a Polícia Civil mineira, agia praticando vários crimes em cidades mineiras e paulistas.

Segundo a polícia, os nove mortos seriam todos criminosos. Entre os cinco feridos está um dos policiais civis que participaram da ação. Ferido em um dos ombros por um disparo de fuzil, ele foi transportado de helicóptero para a capital paulista. Participaram da ação, além da Polícia Civil mineira, agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

As primeiras informações levantadas pela Polícia Civil indicam que, entre os mortos, há oito integrantes da quadrilha que seriam da cidade de Mogi das Cruzes (SP). O nono morto seria de Itanhandu (MG).

Mesmo com o cerco montado por um grupo de cerca de 100 policiais militares e civis dos dois estados, parte da quadrilha conseguiu escapar. A polícia acredita que o bando todo era formado por cerca de 20 bandidos.

(Com Estadão Conteúdo)

TAGs:
Crime
Crime Organizado
Minas Gerais