Mais Lidas

  1. Ex de Susana Vieira vira garçom e vende artesanato na web

    Entretenimento

    Ex de Susana Vieira vira garçom e vende artesanato na web

  2. Clientes de restaurante vegano descobrem que donos comem carne e se revoltam

    Mundo

    Clientes de restaurante vegano descobrem que donos comem carne e se...

  3. Falta uma semana para descermos a rampa com Dilma, diz ex-ministro

    Brasil

    Falta uma semana para descermos a rampa com Dilma, diz ex-ministro

  4. Governistas já ensaiam discurso de oposição - e cobram até redução de ministérios

    Brasil

    Governistas já ensaiam discurso de oposição - e cobram até redução...

  5. STF arquiva acusação de Delcídio contra Dilma por caso Pasadena

    Brasil

    STF arquiva acusação de Delcídio contra Dilma por caso Pasadena

  6. Atriz revela ser dublê de corpo do nude de Maitê Proença

    Entretenimento

    Atriz revela ser dublê de corpo do nude de Maitê Proença

  7. Suzane Richthofen deixa cadeia em saída do Dia das Mães

    Brasil

    Suzane Richthofen deixa cadeia em saída do Dia das Mães

  8. Corinthians decepciona em casa e cai na Libertadores

    Esporte

    Corinthians decepciona em casa e cai na Libertadores

Seca: Rio Grande do Sul decreta emergência coletiva

Subiu para 107 o número de cidades em emergência por causa da estiagem. A decisão do governo gaúcho busca agilizar liberação de verbas federais e renegociação das dívidas dos agricultores com os bancos

Por: Bruno Huberman - Atualizado em

  • Voltar ao início

  • Todas as imagens da galeria:


O governo do Rio Grande do Sul decidiu decretar situação de emergência coletiva em todo o estado depois de chegar a 107 o número de cidades que decretaram situação de emergência por causa da estiagem. O coordenador da Defesa Civil, major Ari Ferreira, explica que essa decisão tem o objetivo de agilizar o processo de renegociação das dívidas dos agricultores que perderam suas lavouras com os bancos e também a liberação de verbas federais.

"O decreto estadual contempla todos os municípios que encaminharam decreto de emergência", afirma o major. Os bancos exigem a apresentação do decreto do município onde está localizada a plantação para o agricultor acessar o seguro ou negociar a dívida. Segundo o major Ferreira, as áreas mais afetadas pela falta de chuva são Botucaraí, Planalto, Produção e Alto Jacuí. Boletim divulgado nesta segunda-feira pela Defesa Civil estima que 452.099 pessoas tenham sido afetadas até agora. Outros 34 municípios também foram castigados pela seca, mas ainda não entraram em emergência.

Nesta segunda-feira, o vice-governador do estado, Beto Grill (PSB), assina o Decreto de Emergência Coletivo em Boa Vista das Missões, no interior gaúcho, uma das cidades atingidas pela seca. A decisão de colocar todo o estado em situação de emergência foi tomada no final da semana passada em reunião do grupo de trabalho do governo do Rio Grande do Sul, que reúne várias secretarias e busca minimizar os efeitos da estiagem. O decreto deve ser encaminhado ao Ministério da Integração Nacional ainda nesta segunda.

Seca - A estiagem é provocada pela interrupção do canal de umidade vindo da Amazônia - que ficou parado na Região Sudeste e gerou as fortes chuvas na região - e pelo fenômeno La Niña, que esfria a água no Oceano Pacífico, diminuindo a evaporação da água e aumentando a seca.