Mais Lidas

  1. Temer vence 1ª batalha e Congresso aprova meta fiscal

    Brasil

    Temer vence 1ª batalha e Congresso aprova meta fiscal

  2. Sequestrador de Ana Hickmann foi ‘assassinado com crueldade e frieza’, diz irmã

    Entretenimento

    Sequestrador de Ana Hickmann foi ‘assassinado com crueldade e...

  3. Afastado do Planejamento, Jucá ocupa tribuna do Congresso e provoca bate-boca

    Brasil

    Afastado do Planejamento, Jucá ocupa tribuna do Congresso e provoca...

  4. Ouça a conversa entre Ana Hickmann e fã que a atacou

    Entretenimento

    Ouça a conversa entre Ana Hickmann e fã que a atacou

  5. Congresso destrava pauta e abre caminho para votação da nova meta fiscal

    Brasil

    Congresso destrava pauta e abre caminho para votação da nova meta...

  6. Gilmar Mendes presidirá 2ª Turma do STF, responsável por julgar Lava Jato

    Brasil

    Gilmar Mendes presidirá 2ª Turma do STF, responsável por julgar...

  7. Morre, aos 65, o criminalista Arnaldo Malheiros Filho

    Brasil

    Morre, aos 65, o criminalista Arnaldo Malheiros Filho

  8. Bruna Linzmeyer sensualiza após ataques homofóbicos no Instagram

    Entretenimento

    Bruna Linzmeyer sensualiza após ataques homofóbicos no Instagram

Mulher tentou conter homem que matou casal de vizinhos em Alphaville

O comerciante Vicente D'Alessio Neto se irritou com o barulho do apartamento de cima e disparou seis tiros contra o casal que morava no local

- Atualizado em

Crime aconteceu em prédio de Alphaville, bairro nobre da Grande SP
Vizinhos relataram que as brigas entre os moradores eram recorrentes(Reprodução / TV Globo/VEJA)

A mulher do comerciante Vicente D'Alessio Neto, de 63 anos, que matou dois vizinhos e depois se suicidou em Alphaville, na noite desta quinta-feira, afirmou em depoimento à polícia que tentou impedir o marido de sair com a arma de casa, mas não conseguiu. A Secretaria de Segurança Pública não informou o nome dela. Os vizinhos relataram que as brigas entre os moradores eram recorrentes. Os três corpos estão no Instituto Médico Legal (IML) aguardando a liberação.

Segundo a esposa de D'Alessio, o marido havia chegado em casa por volta das 20h e estava assistindo televisão quando se irritou com o barulho no 12º andar - ele morava no apartamento de baixo. De acordo com o relato dela, D'Alessio gritou com os vizinhos da sacada e, em seguida, decidiu pegar um revólver calibre 38.

Por volta das 21h, D'Alessio entrou no apartamento dos vizinhos e disparou seis tiros, matando Fabio de Rezende Rubim, de 40 anos, que era subsíndico do prédio, e sua mulher, a dentista Miriam Cecilia Amstalden Baida, que completaria 38 anos nesta sexta-feira. Em seguida, Vicente se matou dentro do elevador do prédio, que fica em um condomínio na Avenida Marcos Penteado Uchôa Rodrigues, em Alphaville.

A filha do casal, de um ano e meio, também estava no local, mas não ficou ferida. Ela está sob os cuidados da avó.

Leia também:

Polícia prende suspeito de estupro na Marginal Tietê

A crueldade por trás de crimes que assustam o país

(Com Estadão Conteúdo)

TAGs:
Armas
Crime
São Paulo