Mais Lidas

  1. Ex-ator mirim sobre pedofilia em Hollywood: ‘Fui molestado por várias pessoas’

    Entretenimento

    Ex-ator mirim sobre pedofilia em Hollywood: ‘Fui molestado por...

  2. Fã que atacou Ana Hickmann ia fazer 'roleta russa', diz delegado

    Entretenimento

    Fã que atacou Ana Hickmann ia fazer 'roleta russa', diz delegado

  3. Delação da Odebrecht 'vem como uma metralhadora ponto 100', diz Sarney em gravação

    Brasil

    Delação da Odebrecht 'vem como uma metralhadora ponto 100', diz...

  4. Janot defende legalidade de grampo entre Lula e Dilma

    Brasil

    Janot defende legalidade de grampo entre Lula e Dilma

  5. Produtores de ‘Game of Thrones’ ficaram chocados com três revelações do autor

    Entretenimento

    Produtores de ‘Game of Thrones’ ficaram chocados com três...

  6. Sequestrador de Ana Hickmann foi ‘assassinado com crueldade e frieza’, diz irmã

    Entretenimento

    Sequestrador de Ana Hickmann foi ‘assassinado com crueldade e...

  7. Serra diz que Brasil é 'atacado' por causa do impeachment

    Brasil

    Serra diz que Brasil é 'atacado' por causa do impeachment

  8. Nova HQ revela que Capitão América, na verdade, é um vilão

    Entretenimento

    Nova HQ revela que Capitão América, na verdade, é um vilão

Estudante é morto por reclamar de preço de jantar

Mário dos Santos Sampaio, de 22 anos, foi esfaqueado pelo dono de churrascaria, no Guarujá, no litoral paulista

- Atualizado em

Um estudante universitário de 22 anos foi morto a facadas pelo dono de um restaurante no Guarujá por reclamar do preço da refeição. O crime aconteceu na noite desta segunda-feira, poucas horas antes da virada do ano, quando Mário dos Santos Sampaio, que é de Campinas, jantava com a namorada e amigos na churrascaria.

Segundo informações do Bom Dia Brasil, da TV Globo, Sampaio não concordou em pagar o valor de 19,90 pelo rodízio porque, quando entraram no estabelecimento, um cartaz na porta anunciava o preço de 12,99 reais. Mário reclamou com o gerente, que chamou o pai, que é dono do restaurante. A discussão se transformou em briga e, segundo testemunhas, Sampaio foi agredido por funcionários do restaurante.

Em seguida, o dono do restaurante pegou uma faca e deu três golpes nas costas do universitário, fugindo em seguida com o filho e os demais funcionários da churrascaria que agrediram Sampaio. Uma ambulância foi chamada, mas a vítima não resistiu aos ferimentos e morreu.

A Polícia Civil do Guarujá abriu um inquérito para apurar o crime. Até o momento, nenhum dos envolvidos no crime foi preso. O enterro do universitário será nesta manhã.

TAGs:
Crime
São Paulo