Mais Lidas

  1. No Senado, Cardozo insiste em 'golpe' e diz que pedirá suspeição do relator

    Brasil

    No Senado, Cardozo insiste em 'golpe' e diz que pedirá suspeição do...

  2. O xadrez ministerial de Temer

    Brasil

    O xadrez ministerial de Temer

  3. Janaína Paschoal: 'Foram anos de falsidade ideológica na nossa cara'

    Brasil

    Janaína Paschoal: 'Foram anos de falsidade ideológica na nossa cara'

  4. Após reprovar filha de Cunha, funcionário do Detran foi acusado de extorsão e punido, diz jornal

    Brasil

    Após reprovar filha de Cunha, funcionário do Detran foi acusado de...

  5. Dois ministros devem deixar cargos para votar por Dilma no Senado

    Brasil

    Dois ministros devem deixar cargos para votar por Dilma no Senado

  6. TSE determina que PT devolva R$ 7 mi aos cofres públicos

    Brasil

    TSE determina que PT devolva R$ 7 mi aos cofres públicos

  7. Por regulamento esdrúxulo, Sport menospreza Copa do Brasil e é eliminado

    Esporte

    Por regulamento esdrúxulo, Sport menospreza Copa do Brasil e é...

  8. CNI lista 36 medidas 'indispensáveis' e entrega a Temer

    Economia

    CNI lista 36 medidas 'indispensáveis' e entrega a Temer

Após adiar compra de lagosta, Maranhão agora quer banquete com uísque e caviar

Governo Roseana Sarney abriu nova licitação nesta quinta-feira para comprar bebidas importadas e pratos sofisticados para eventos oficiais

Por: Bruna Fasano - Atualizado em

Roseana Sarney, ex-senadora (PMDB-MA) e atual governadora do Maranhão
A governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB)(Joedson Alves/AE/VEJA)

Às voltas com uma crise no sistema prisional do Estado, o governo do Maranhão abriu um pregão para comprar uísque escocês, champanhe, caviar e vinhos importados, no valor de 1,4 milhão de reais. O edital foi publicado nesta quinta-feira no site da Comissão Central Permanente de Licitação. O pregão está marcado para o próximo dia 17 e o contrato terá vigência até o final do ano.

Esta é a segunda compra de luxo publicada pelo governo do Maranhão nesta semana. Na quarta-feira, o jornal Folha de S.Paulo mostrou que a administração estadual havia aberto licitação para comprar 80 quilos de lagosta fresca e 1,5 tonelada de camarão para abastecer a residência oficial e a casa de praia da governadora Roseana Sarney (PMDB). A compra, entretanto, foi adiada nesta quinta.

Vídeo mostra o ataque selvagem que matou a menina Ana Clara

O novo edital determina que a empresa vencedora da licitação deverá fornecer champanhe para as recepções, jantares, coquetéis e brunchs oficiais. As bebidas devem ser servidas em "mil copos e taças de cristal para vinho branco, tinto, água, champanhe, licor e uísque". O edital alerta que "durante os eventos, deverão ser servidos em quantidades suficientes para todos os convidados bebidas, entradas, almoços e jantares".

No menu de entradas, constam caviar, petiscos com carne de siri, bolinhos de bacalhau e patinhas de caranguejo. Como prato principal, estão na lista filé mignon ao molho de gorgonzola, salada de camarão, carne de carneiro, bacalhau com natas, pato ao molho de laranjas, risoto de lagostas e peru.

Para ornamentar jantares e coquetéis, a empresa que vencer a licitação deverá providenciar tapetes estilo persa Golpayagan Sherkat Floral - um modelo similar está à venda na internet por até 24.000 reais.

  • Voltar ao início

  • Todas as imagens da galeria:


Por que o presídio de Pedrinhas entrou em colapso

TAGs:
Roseana Sarney
Maranhão