Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Turquia detém funcionários de jornal opositor a Erdogan

O editor-chefe do jornal e outros doze funcionários foram levados pelos policiais

A polícia da Turquia fez uma operação contra o jornal Cumhuriyet, que é opositor ao governo do presidente turco Recep Tayyip Erdogan. O editor-chefe do jornal, Murat Sabuncu, e outros doze funcionários, entre eles colunistas e um cartunista, foram detidos.

A ação da polícia turca vem em meio a acusações de partidos de oposição e de grupos de direitos humanos contra o governo da Turquia. Segundo a oposição a Erdogan, o presidente estaria usando o estado de emergência após a tentativa de golpe militar para reprimir todos os críticos do governo.

De acordo com o chefe de gabinete de Istambul, os detido eram suspeitos de “cometer crimes” em nome do movimento liderado pelo clérigo muçulmano Fethullah Gulen, acusado pelo governo da Turquia de liderar a tentativa de golpe contra Erdogan.

(Com Estadão Conteúdo)