Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Tempestades matam mais de 150 pessoas na Índia

As constantes chuvas provocaram inundações em uma região montanhosa do país asiático. Autoridades calculam que 60.000 pessoas ainda estão ilhadas no que está sendo chamado de “Tsunami do Himalaia”

A Índia está sendo castigada nesta semana por fortes tempestades que desencadearam enchentes no montanhoso estado de Uttarakhand, que faz fronteira com a China e o Nepal. Segundo a CNN, a catástrofe já deixou mais de 150 mortos na região. As equipes de resgate também informaram que estão encontrando dificuldades para ter acesso às 60.000 pessoas que ficaram ilhadas após as inundações. Para o ministro chefe de Uttarakhand, Vijay Bahuguna, o desastre pode ser considerado um “tsunami do Himalaia”.

A força das águas provocou grandes danos à região conhecida como “A Terra dos Deuses”, em referência aos diversos templos espalhados pelo estado. A principal cidade atingida pelas enchentes foi Kedarnath. Imagens recolhidas pela CNN mostram o município coberto por lama e pedras. Apesar de o famoso templo hindu da cidade não ter sido danificado pelas inundações, as autoridades informaram que lojas e outras construções em seu entorno foram praticamente destruídas.

Leia também:

Superpopulação é tabu que precisa ser enfrentado

O primeiro-ministro Manmohan Singh fez na última quarta-feira uma inspeção aérea para avaliar os danos causados pelas chuvas. “Nossos sentimentos estão com as famílias daqueles que perderam suas vidas e com aqueles que se feriram ou perderam suas causas nesta tragédia”, disse. O meteorologista Pedram Javaheri afirmou que “algumas áreas foram atingidas com mais do que o dobro da quantidade pluvial de um mês inteiro”. No entanto, Javaheri destacou que as chuvas devem se dispersar nos próximos dias para outras regiões.

Nova Délhi – Os bairros localizados ao sul da capital indiana também sofreram com as adversas condições climáticas. De acordo com a CNN, o Rio Yamuna atingiu o seu maior nível desde 2010. Além de afetarem lojas e residências, as enchentes também provocaram problemas para o trânsito de Nova Délhi. As autoridades afirmaram que 5.000 pessoas foram realocadas das áreas afetadas e garantiram que a situação já está sob controle.