Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Senadores consideram Lugo ‘culpado’ e o afastam da Presidência do Paraguai

Assunção, 22 jun (EFE).- O Senado do Paraguai aprovou nesta sexta-feira o impeachment imediato do presidente do país, Fernando Lugo, ao considerá-lo ‘culpado’ pela acusação de mau desempenho de suas funções, uma decisão que alguns governos e órgãos internacionais disseram considerar como um ‘golpe de Estado’.

Um total de 39 senadores votou contra o líder, enquanto apenas quatro deram seu voto a favor em uma sessão com dois ausentes.

Com a cassação, Lugo será substituído pelo vice-presidente, Federico Franco, do Partido Liberal, até a realização de novas eleições presidenciais em abril de 2013.

Centenas de pessoas estão no centro de Assunção, em frente à sede do Parlamento, para manifestar apoio à cassação do presidente, e um grupo de partidários de Lugo também se reuniu às portas da sede da Vice-Presidência para expressar seu repúdio ao ocorrido. EFE