Romney arrecadou US$ 6,5 milhões em janeiro e Gingrich US$ 5,5 milhões

Washington, 20 fev (EFE).- Mitt Romney arrecadou em janeiro US$ 6,5 milhões e soma quase US$ 64 milhões nos últimos dez meses, enquanto Newt Gingrich conseguiu no mês passado US$ 5,5 milhões, segundo revelaram nesta segunda-feira as campanhas destes dois pré-candidatos presidenciais republicanos nos Estados Unidos.

As campanhas têm até a meia-noite desta segunda-feira para apresentar seus dados de arrecadação de janeiro perante a Comissão Eleitoral (FEC, na sigla em inglês) dos EUA.

Apesar de ser o candidato republicano que conta com mais fundos e com uma campanha melhor organizada, Romney ainda está muito longe do presidente e candidato democrata, Barack Obama, que arrecadou em janeiro US$ 29,1 milhões para brigar pela reeleição nas eleições do dia 6 de novembro.

No entanto, o ex-governador de Massachusetts tem o apoio de um ‘Super PAC’ chamado ‘Restore our Future’ que arrecadou em janeiro US$ 6,6 milhões e começou fevereiro com mais de US$ 16 milhões disponíveis, segundo os números da FEC.

Gingrich, ex-presidente da Câmara de Representantes, é respaldado por outro ‘Super PAC’, conhecido como ‘Winning our Future’, que aglutinou em janeiro US$ 11 milhões e começou fevereiro com US$ 2,4 milhões para gastar.

A maior parte da fortuna que conseguiu em janeiro o ‘Winning our Future’ proveio do magnata dos cassinos de Las Vegas Sheldon Adelson e de sua mulher, que doaram cinco milhões cada um.

Os ‘Super PAC’ não estão diretamente vinculados ao candidato que apoiam, embora na prática sejam uma extensão das campanhas oficiais, e podem arrecadar fundos ilimitados fornecidos por grandes fortunas e empresas. EFE