Presidente da Nicarágua não participará da Cúpula das Américas

Cartagena (Colômbia), 14 abr (EFE).- O presidente da Nicarágua, Daniel Ortega, não participará da Cúpula das Américas em Cartagena, de acordo com o comunicado anunciado neste sábado por um porta-voz do governo nicaraguense.

Valdrak Jaentschke, vice-chanceler da Nicarágua, anunciou que Ortega não participará da Cúpula durante uma reunião de presidentes, chanceleres e outros representantes dos países do Sistema de Integração Centro-Americana (Sica), realizada antes da inauguração da Cúpula, informou à Agência Efe o chefe de Estado de Honduras, Porfírio Lobo.

‘O presidente (Mauricio) Funes, de El Salvador, estava chegando de manhã em Cartagena. O presidente (Daniel) Ortega, segundo a delegação da Nicarágua, não vai estar aqui em Cartagena e também não justificou sua ausência’, afirmou o líder hondurenho.

A reunião de países do Sica, que também foi assistida pelos presidentes do México, Felipe Calderón, e da Colômbia, Juan Manuel Santos, tinha o objetivo de definir uma posição única entre os países em diversos temas antes da inauguração da Cúpula de chefes de Estado e de Governo.

Sem Ortega, a Aliança Bolivariana (Alba) só estará representada nesta cúpula pelo presidente da Bolívia, Evo Morales, e pelos três pequenos países caribenhos que integram o grupo.

Neste sábado, as autoridades venezuelanas também confirmaram que o presidente Hugo Chávez não participará da Cúpula das Américas, já que o mesmo deve seguir diretamente a Cuba para dar continuidade ao seu tratamento contra o câncer.

O presidente do Equador, Rafael Correa, que havia pedido aos seus colegas da Alba para boicotar a reunião caso Cuba não fosse convidada, também não estará presente na Cúpula. Isso porque, devido ao embarco político e econômico imposto pelos Estados Unidos, as autoridades cubanas não foram convidadas. EFE