Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Polícia estima em 58 o número de mortos no incêndio em Londres

São 30 vítimas confirmadas e 28 desaparecidos. O número ainda pode aumentar, segundo um dos chefes da polícia londrina

A polícia londrina anunciou neste sábado que estima que 58 pessoas morreram no incêndio do conjunto habitacional Torre Grenfell. O comandante Stuart Cundy, um dos chefes da Polícia Metropolitana de Londres (Met), afirmou que são 30 mortes estão confirmadas e que outras 28 pessoas desaparecidas estão “possivelmente” mortas. “Esse balanço poderá ainda mudar e aumentar”, declarou Cundy.

Em um pronunciamento, o comandante também confirmou que o refugiado sírio Mohammed Alhajali, que vivia no edifício de 24 andares, foi a primeira vítima identificada.

Protestos

Na sexta-feira, dezenas de pessoas invadiram a Câmara municipal de Kensington e Chelsea para protestar contra as autoridades e pedir ajuda e justiça às vítimas da tragédia. No mesmo dia, a premiê Theresa May visitou as vítimas no hospital e prometeu um fundo de 5 milhões de libras (cerca de 21 milhões de reais) para pagar provisões de emergência, comida, roupas e outros custos.

A primeira-ministra também enfrenta pressões do governo e da população para fornecer explicações sobre o ocorrido. Moradores e vizinhos alegam que a Câmara municipal ignorou durante anos pedidos para que medidas de segurança fossem aplicados ao edifício de 120 apartamentos.

(Com EFE e AFP)